PUBLICIDADE

A dolorosa sina de Roberto Carlos: enterrar esposas, filhos e grandes amigos

Cantor enfrenta mais uma perda enquanto prepara o tradicional show de fim de ano na Globo

23 nov 2022 - 08h45
(atualizado às 08h48)
Compartilhar
Exibir comentários

Certa vez, a atriz Fernanda Montenegro, hoje com 93 anos, disse que o pior aspecto de avançar na velhice é testemunhar a morte de pessoas amadas.

Roberto Carlos vive esse ônus imposto pela longevidade. O cantor e compositor, de 81 anos, enfrenta a dor de nova despedida.

Ao telefone, de seu apartamento, ele disse algumas palavras ao parceiro musical e 'irmão de alma' Erasmo Carlos, inconsciente no leito do hospital. Pouco depois, o Tremendão morreu. Ele também tinha 81.

"Minha dor é muito grande", comentou Roberto por meio de sua assessoria. Mais uma perda dilacerante ao Rei da música popular brasileira. Sua trajetória é marcada por dramas sucessivos.

Em 1990, ele enterrou a ex-mulher, Nice, vítima de câncer de mama. Tiveram dois filhos, Dudu e Luciana, e continuaram amigos após a separação.

Nove anos depois, viu de perto o martírio de sua terceira mulher, Maria Rita. Foram meses de luta contra um câncer generalizado. Ela partiu no fim de 1999, aos 38.

O ídolo romântico sofreu outro baque emocional com a morte repentina da filha do coração Ana Paula, do primeiro casamento de Nice. Não resistiu a uma parada cardíaca. Estava com 45 anos.

Em setembro de 2021, a morte mais uma vez testou a força e a fé de Roberto Carlos. Ele foi obrigado a se despedir do filho Dudu, morto por câncer no peritônio aos 52 anos.

Roberto Carlos perdeu muitas pessoas queridas ao longo de suas oito décadas de vida
Roberto Carlos perdeu muitas pessoas queridas ao longo de suas oito décadas de vida
Foto: Reprodução

O cantor lida com suas dores emocionais longe da mídia. Raramente sai de seu apartamento na Urca, bairro bucólico na zona sul do Rio. Às vezes, vai à paróquia de Nossa Senhora do Brasil a poucos metros do prédio. Seu estúdio de gravação fica a algumas ruas dali.

Em uma entrevista de 2004, o artista relevou jamais superar a "ausência física" das pessoas amadas que perdeu. "Mas estou aprendendo a conviver com isso", disse. A partir de agora precisará superar o vazio deixado pela partida de Erasmo Carlos.

No dia 29, Roberto Carlos fará um show no Qualistage, na Barra da Tijuca, no Rio. A apresentação vai ser transformada em seu especial de fim de ano na Globo, no ar em 23 de dezembro. A produção prepara uma homenagem ao agora eterno Tremendão.

Roberto com Erasmo, Nice, Maria Rita, Ana Paula e Dudu: a dor pela ausência física de pessoas amadas
Roberto com Erasmo, Nice, Maria Rita, Ana Paula e Dudu: a dor pela ausência física de pessoas amadas
Foto: Reproduções
Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail beniciojeff@gmail.com.
Compartilhar
Publicidade
Publicidade