PUBLICIDADE

Vai aos shows do grupo de k-pop Twice no Allianz? Veja serviço, setlist e dicas para o passeio

Sucesso do pop sul-coreano se apresenta nos dias 6 e 7 em São Paulo com a turnê 'Ready To Be'; serão as únicas apresentações do grupo na América do Sul

6 fev 2024 - 09h40
Compartilhar
Exibir comentários

Sucesso do k-pop, o grupo feminino Twice desembarca para a primeira apresentação em São Paulo nesta terça-feira, 6. Ao todo, as integrantes farão dois shows na capital paulista e subirão ao palco do Allianz Parque também na quarta, 7.

Os ingressos para o show da terça já estão esgotados, mas ainda há entradas disponíveis para a apresentação da quarta. Veja as categorias disponíveis aqui.

O anúncio dos shows causou uma euforia nos fãs do Twice não apenas no Brasil, mas também nos países vizinhos: serão as únicas do grupo na América do Sul. As nove integrantes - Nayeon, Jeongyeon, Momo, Sana, Jihyo, Mina, Dahyun, Chaeyoung e Tzuyu - se apresentam com a turnê Ready To Be, que leva o nome do 12º mini-álbum da banda.

Vai aos shows do grupo de k-pop Twice no Allianz? Veja serviço, setlist e dicas para o passeio.
Vai aos shows do grupo de k-pop Twice no Allianz? Veja serviço, setlist e dicas para o passeio.
Foto: Ryan Song/Live Nation/Divulgação / Estadão

O disco Ready To Be rendeu às integrantes o recorde de maior semana de vendas puras de um álbum de uma artista feminina de k-pop nos EUA. Formado em 2015, o grupo é uma das criações do JYP Entertainment, conglomerado responsável por grandes nomes de sucesso do pop sul-coreano. A abertura dos shows em São Paulo fica a cargo do VCHA, também formado pela empresa.

As integrantes possuem diversos outros recordes no currículo. O Twice se tornou o primeiro grupo feminino de k-pop a tocar em um estádio norte-americano e, em 2023, foi a primeira banda do gênero a ser homenageada no Billboard Women in Music Awards.

Dentre os maiores sucessos do grupo, estão What Is Love, Fancy e The Feels. A banda não revelou oficialmente quais músicas farão parte do setlist dos shows da capital paulista, mas a apresentação das integrantes na Cidade do México no último sábado, 3, dá uma pista do que os fãs podem esperar.

Como o esperado para uma apresentação de k-pop, um dos maiores destaques deve ser o roteiro extremamente ensaiado e coreografado. Também deve haver espaço para covers de outros artistas - no México, as integrantes tocaram versões solo de músicas como New Rules, de Dua Lipa, e 7 rings, de Ariana Grande. O que costuma variar, porém, são as canções tocadas no bis.

Veja o provável setlist dos shows do Twice em São Paulo

  • Set Me Free
  • I Can't Stop Me
  • Go Hard
  • Moonlight Sunrise
  • Brave
  • Try (cover de Colbie Caillat)
  • Done for Me (cover de Charlie Puth)
  • New Rules (cover de Dua Lipa)
  • Move (cover de Beyoncé)
  • 7 rings (cover de Ariana Grande)
  • Feel Special
  • Cry for Me
  • Fancy
  • The Feels
  • My Guitar
  • Closer (música de Jihyo)
  • Can't Stop The Feeling! (cover de Justin Timberlake)
  • Pop! (música de Nayeon)
  • I Got You
  • Queen of Hearts
  • Yes Or Yes / What Is Love? / Cheer Up / Likey / Knock Knock / Scientist / Heart Shaker
  • Alcohol-Free
  • Talk That Talk
  • When We Were Kids
  • Crazy Stupid Love

Bis (deve variar nas apresentações em São Paulo)

  • Oxygen
  • Signal
  • 1, 3, 2

Serviço

Data: 06 de fevereiro de 2024 (terça-feira) - ESGOTADO

07 de fevereiro de 2024 (quarta-feira)

Portões: 16h30

Horário VCHA: 18h50

Horário Twice: 19h30

Local: Allianz Parque

Endereço: Av. Francisco Matarazzo, 1705 - Água Branca, São Paulo - SP

Classificação: 16 anos. Menores de 06 a 15 anos, apenas permitida a entrada desde que acompanhados dos pais ou responsáveis legais*

*Sujeito a alteração por Decisão Judicial.

Como chegar ao Allianz

A velha dica vale aqui. O fluxo intenso de carros faz do transporte rápido (moto e, para quem mora na região, bike) a melhor pedida. Por ser uma região bem servida de linhas de ônibus, eles também são uma opção. O site do Allianz cita as mais de 30 linhas que passam em frente ao estádio.

Os que vão de metrô ou trem podem descer na estação Palmeiras/Barra Funda, onde há a linha vermelha, as linhas rubi e diamante da CPTM. Ela fica a cerca de 10 minutos de caminhada da arena. Bom para quem não quer a muvuca da saída.

Há estacionamentos no entorno, mas eles geralmente cobram um preço alto em dias de jogos e shows no Allianz.

Onde estacionar?

Estapar do Allianz Park

Rua Padre Antonio Tomas, 72

Preços a partir de R$ 120

Estacionamento do shopping West Plaza

Avenida Francisco Matarazzo, s/n - Água Branca, a 850 metros do Allianz Park. As entradas são as seguintes:

1 - Bloco A: acesso pela Rua Barão de Tefé, 247;

2 - Bloco B: acesso pela Praça Souza Aranha;

3 - Bloco C: acesso pela Rua Mário Sett s/n;

4 - Entrada motos: acesso pela avenida Antártica.

Estacionamento do Bourbon Shopping:

Rua Palestra Itália, 500

Perdizes, a 250 metros da arena.

Alex Park

Av. Antártica, 529

(11) 98151-0725

Park & Go Estacionamento

Av. Antártica, 675

(11) 3862-1911

Aberto · Fecha às 20:00

Onde comer?

O Allianz Parque fica localizado à região da Pompeia e de Perdizes, bairros com um extenso cardápio de restaurantes e atrações. Próximo ao estádio, há até uma rede de culinária coreana para aqueles que pretendem ter um gostinho da cultura do país antes mesmo do show.

Existem também opções para os que não dispensam uma refeição para recuperar as energias após a apresentação. Ainda há passeios para pais que levarão os filhos para conferir o show e pretendem permanecer nos arredores. Veja abaixo.

K'Pop Chicken - Vila Romana

A cerca de 10 minutos de carro do Allianz Parque, há uma das unidades do K'Pop Chicken, rede especializada na gastronomia coreana. O grande destaque do restaurante é o frango frito, mas por lá também é possível provar outros diversos pratos típicos da região, como o bulgogi, o bibimbap, o chicken curry, o misoyaki e o chicken katsu.

Onde: R. Coriolano, 1160 - Vila Romana

Telefone: (11) 93935-6896

Ter., qua., qui. e sex. 11h30/15h e 17h30/22h; sáb. e dom. 11h30/22h; seg. 17h30/22h

Leggera

Simplicidade, leveza, constância e ótimos ingredientes. Estes são os trunfos da Leggera, pizzaria certificada pela Associazione Verace Pizza Napoletana, comandada pelo experiente e estudioso André Guidon - pizzaria, aliás, que conquistou o pódio com sua margherita em Paladar. Delicadas e potentes, são produzidas com farinha italiana, com fermentação natural, que resulta em uma massa elástica e macia, de bordas altas, perfeita para acomodar o molho de tomate vermelho de cor intensa e sabor suave. A margherita, que foi a grande premiada no Paladar, é a melhor - e sai por R$ 54.

Onde: R. Diana, 80, Perdizes. Delivery pelo iFood e pelo WhatsApp (11) 3862-2581.

Ter a qui: 18h/23h; sex e sáb: 18h/23h30; dom: 18h/22h; fecha seg.

A margherita da pizzaria Leggera.
A margherita da pizzaria Leggera.
Foto: Daniel Teixeira/Estadão / Estadão

Casa das Caldeiras

A Casa das Caldeiras também é um importante ponto turístico próximo ao Allianz Parque. Um dos muitos patrimônios históricos tombados na cidade, já foi um dos maiores polos de alimentação de energia de todo o complexo industrial da família Matarazzo, entre os anos 30 e 40. Depois de seu tombamento, ele se transformou em um centro cultural, com vários eventos culturais.

Tudo isso para dizer que, aos que vêm de longe e quiserem chegar mais cedo para estacionarem na região com tranquilidade, talvez valha uma visita rápida. A Casa fica a 10 ou 15 minutos de caminhada do Allianz, e, em seu piso térreo, acontece o Movimento Ocupa Térreo, do qual fazem parte a microcervejaria artesanal Brass Brew, a coquetelaria autoral Nu I Cru, a comedoria artesanal Cozinha Sow e o Térreo Ateliê - Laboratório de Artes Regenerativas da Casa das Caldeiras.

Onde: Avenida Francisco Matarazzo, 2000 - Água Branca

Telefone: (11) 94815-1639

Seg., ter., qua., qui. e sex. 9h/13h e 14h/17h30; sáb. 12h/23h30; dom. 14h/21h

Casa das Caldeiras, que hoje é usado como espaço para eventos e que na década de 20 fazia parte do complexo das Indústrias Matarazzo, no bairro da Água Branca.
Casa das Caldeiras, que hoje é usado como espaço para eventos e que na década de 20 fazia parte do complexo das Indústrias Matarazzo, no bairro da Água Branca.
Foto: Helvio Romero/Estadão / Estadão
Estadão
Compartilhar
Publicidade
Publicidade