PUBLICIDADE

"Turista", Alanis Morissette abre turnê com show em Manaus

22 jan 2009
12h02 atualizado às 13h51
12h02 atualizado às 13h51
Publicidade

Com quase cinco anos sem pisar em um palco brasileiro, a cantora canadense Alanis Morissette iniciou sua turnê pela América Latina de 2009 denominada Flavors of Entanglement, em Manaus (AM) depois de três dias de intenso programa de turista.

No repertório, 20 músicas retratam o estilo pessoal da cantora bastante influenciado pela busca do autoconhecimento. O público compareceu e curtiu da melhor maneira. Os ingressos da ala VIP foram vendidos a R$ 300, o que dava direito a um bufê variado com canapés feitos a base de frutas amazônicas e outros petiscos. Na platéia geral, sete amigos aguardavam o início do show. "A gente curte Alanis faz uns oito anos. Quando tem festa, tem de ter ela tocando", disse o administrador Claudinei Castro que estava com irmão, primos e cunhada esperando a canadense entrar no palco.

Alanis abriu o show, realizado no Studio Cinco, com meia hora de atraso. A música instrumental The Couch abriu a sequência, seguida de Univited e Versions of Violence, indo adiante com todas as músicas do álbum que foi lançado em 2008. A combinação de batida forte de percussão oriental, piano e a voz inconfundível é a marca registrada do show. Os solos de gaita aparecem como momentos únicos, assim como a performance de poucas frases ditas em cima do palco para o público.

"É um prazer estar de volta. Esta é a razão dos nossos sonhos", foi uma das raras expressões que Alanis mandou para a platéia. Mas não foi preciso de muita conversa para que o clima do show pairasse sem problemas durante uma noite sem confusões ou estresse. "Eu não acompanho por muito tempo, mas gosto das músicas dela. Por isso puxei meu namorado e viemos ver o show", disse a estudante Andréia Carla, 16 anos.

O palco, dividido entre os cinco músicos da banda e Alanis, tinha 300 metros quadrados de área livre. Dez toneladas de equipamento de som e iluminação foram montados desde o domingo. Uma equipe de 20 pessoas, entre técnicos de som e pessoal de produção trabalho diretamente na execução do show. E para a montagem do equipamento, trabalharam mais 50 operários contratados pela empresa realizadora do evento.

Nos quatro dias em que passou na cidade, Alanis Morissette fez passeio de barco pelo rio Negro, que banha Manaus. Visitou uma aldeia indígena nas proximidades da capital e chegou a cantar para crianças da etnia saterê maué. Tomou banho de rio nas imediações do hotel de Selva Ariaú Jungle Tower e brincou com os botos.

Ainda na noite de terça-feira, fez um passeio noturno de canoa movida a um motor de popa, quando participou da focagem do jacaré, programa obrigatório para turista que visita a região. A cantora ficou hospedada no famoso Tropical Hotel, o mais luxuoso de Manaus, e trouxe na bagagem suas duas cadelas chiuaua.

Alanis Morissette partiu da cidade na madrugada desta quinta-feira seguindo o roteiro de sua turnê no País que ainda terá shows em Brasília (23/1, no Ginásio Nilson Nelson), Fortaleza (24/1, no Siará Hall), Teresina (28/1, no Atlantic City Club), Recife (30/1, no Chevrolet Hall), Salvador (31/1, no Festival de Verão), São Paulo (03/2, no Via Funchal), Rio de Janeiro (04/2, no HSBC Arena), Belo Horizonte (05/2, no Chevrolet Hall), Florianópolis (07/2, no Pachá) e Porto Alegre (10/2, no Pepsi on Stage). Depois do Brasil, a turnê segue para Buenos Aires (Argentina - 12/2), Cidade do México ( México - 16/2), Monterrey (18/2) e Guadalajara (20/2).

Confira o set list da cantora em Manaus:
'The Couch 1'
'Uninvited'
'Versions of Violence'
'All I Really Want'
'The Couch 2'
'Not The Doctor'
'Not as We'
'Head Over Feet'
'The Couch 3'
'Sympathetic Caracter'
'Perfect'
'Moratorium'
'You Oughta Know'
'Tapes'
'Hand in my Pocket'
'Everything'
'So Pure'
'You Learn' 'Ironic''Thank You'

Cantora aproveitou passagem por Manaus para conhecer cultura local
Cantora aproveitou passagem por Manaus para conhecer cultura local
Foto: Luiz C. Salama / Divulgação
Fonte: Especial para Terra
Publicidade