PUBLICIDADE

Travis Scott é preso por embriaguez e invasão de propriedade em Miami

Rapper confirmado no Rock in Rio causou tumulto na marina de Miami Beach ao tentar invadir um barco, xingar e se recusar a sair do cais

20 jun 2024 - 10h38
(atualizado às 13h18)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Instagram/Travis Scott / Pipoca Moderna

O rapper Travis Scott foi preso na manhã desta quinta-feira (20/6) por invasão de propriedade privada e má conduta por embriaguez em Miami, nos Estados Unidos. Segundo a emissora Local 10 News, o cantor foi detido na penitenciária Turner Guilford Knight, e pagou uma fiança de US$ 650 (cerca de R$ 3,5 mil) para ser solto ainda hoje.

O que aconteceu

O incidente aconteceu em um iate em uma marina local em 300 Alton Road, Miami Beach. O Departamento de Polícia de Miami Beach confirmou a prisão às 13h44 do horário local, afirmando: "No local foi possível sentir um forte cheiro de álcool vindo do hálito do réu. Os oficiais falaram com o reclamante, que afirmou que não queria prestar queixa e apenas queria que o réu saísse de seu navio".

Após um aviso da polícia para deixar o cais, Scott supostamente "gritou obscenidades" enquanto entrava em seu carro para ir embora. Mas o relatório policial acrescenta que "o réu retornou aproximadamente 5 minutos depois" e "começou a gritar mais uma vez, tornando-se errático, perturbando a paz dos ocupantes da marina e dos edifícios residenciais próximos". Por conta desse comportamento, ele foi levado sob custódia.

"O réu admitiu mais tarde que estava bebendo álcool e declarou 'É Miami'" em seu depoimento.

A imprensa americana afirmou que o rapper parecia com os olhos turvos e inexpressivo em sua foto de fichamento, a famosa "mugshot". Ele foi liberado sob uma fiança baixa de US$ 650.

Outro caso

Travis Scott já foi preso por incitar tumultos e condutas desordeiras no passado, e enfrenta uma ação judicial pela morte de 10 pessoas durante um show, realizado na cidade de Houston (EUA) em 2021. A Polícia local ainda investiga este caso, mas o rapper não foi processado criminalmente.

Scott afirmou que ficou "devastado" pelo desastre no festival de música Astroworld, inspirado em seu 3º álbum de estúdio. Na ocasião, um público de 50 mil pessoas correu para frente do palco durante a apresentação, atropelando e ferindo fãs.

A nova prisão ocorre poucos dias antes da nova turnê internacional do rapper, "Circus Maximus", que deveria iniciar em 28 de junho na Holanda, com passagem pelo Brasil no palco principal do festival Rock in Rio em 13 de setembro.

Pipoca Moderna Pipoca Moderna
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade