PUBLICIDADE

Ludmilla diz que o racismo a obrigou "afinar o nariz"

Cantora fez desabafo sobre início da carreira e sobre como teve que mudar sua aparência para poder ser aceita no meio

20 abr 2021
10h23 atualizado às 10h46
0comentários
10h23 atualizado às 10h46
Publicidade

A cantora Ludmilla fez um desabafo marcante sobre algumas situações de racismo que ela sofreu durante uma recente entrevista ao jornal Folha de S. Paulo.

Foto: Reprodução | Instagram | @ludmilla / The Music Journal

"Eu era a MC Beyoncé lá atras. Tem alguma propaganda com a MC Beyoncé? Não tem! Porque eu não era padrão. Não era aceita. Nenhuma marca queria ser representada pela MC Beyoncé. Por isso, tive que me mutilar, afinar meu nariz, porque queria ser aceita", disse a estrela pop brasileira.

Mesmo em meio à todas essa dificuldades, Ludmilla tem conquistado cada vez mais uma posição de destaque no pop atual. Em março, ela se tornou a artista negra mais ouvida do Brasil no Spotify e segue entre os 10 artistas brasileiros mais tocados da plataforma.

Veja também:

Ludmilla: ''é muito importante ter gente preta assinando o cheque'':
 
The Music Journal The Music Journal Brazil
Publicidade
Publicidade