0

Música

Keane faz show potente em apresentação única no Brasil

Adriana Spaca/FramePhoto / Estadão Conteúdo

Banda britânica se apresentou neste domingo (1º) em São Paulo, encerrando a sua passagem pela América do Sul

2 dez 2019
08h21
atualizado às 09h59
  • separator
  • 0
  • comentários

Depois de seis anos de espera, a banda Keane voltou ao Brasil com a turnê mundial do novo álbum 'Cause And Effect'. Os britânicos se apresentaram neste domingo (1º), no Espaço das Américas, em São Paulo. O show marca o encerramento da turnê pela América do Sul, depois de passar pela Colômbia, Peru, Chile, Paraguai e Argentina.

Foto: Adriana Spaca/FramePhoto / Estadão

A banda Terno Rei foi convidada para abrir a noite. Os paulistanos fizeram uma apresentação focada no álbum 'Violeta', lançado em fevereiro de 2019, e tocaram músicas como 'Dia Lindo', 'São Paulo', 'Medo' e 'Yoko'. Alguns problemas sonoros, no começo da apresentação, incomodaram um pouco o público no Espaço das Américas.

Os trinta minutos entre o fim do show da banda paulistana e a chegada dos britânicos foram de pura ansiedade para os fãs, que já gritavam e pediam a presença do Keane. Quando a banda subiu ao palco, toda a inquietação da plateia se transformou em euforia. O grupo formado por Tom Chaplin, Tim Rice-Oxley, Richard Hughes e Jesse Quin abriu a apresentação com 'Disconnected', do álbum 'Strangeland'.

Foto: Alê Frata/Código 19 / Estadão

O setlist do show alternou músicas de 'Cause And Effect', sexto álbum da banda britânica, lançado em setembro, com os grandes sucessos do Keane. A apresentação também intercalou as canções mais animadas da banda, que fizeram o público pular e dançar, com as mais melancólicas, que criaram um clima mais intimista e emocionante. 'Everybody's Changing', 'Try Again', 'Nothing in My Way', 'Crystal Ball' e 'Somewhere Only We Know' foram as músicas que mais empolgaram a plateia, que cantou em coro.

Foto: Adriana Spaca/FramePhoto / Estadão

Tom Chaplin, vocalista da banda, mostrou que sabe muito bem como conduzir o seu público. Ele começou dizendo: “Hoje é a última noite da nossa turnê, então vamos fazer isso tudo ser muito especial”, levando a plateia ao delírio. Em uma apresentação animada, Chaplin interagiu bastante com os fãs. Ele também dançou e se divertiu muito em cima do palco. E a plateia respondeu à altura com gritos de “We love you”. Também foi possível sentir a sintonia e afinidade entre os membros do Keane.

Se a apresentação da banda britânica deixou os fãs satisfeitos e felizes, não se pode dizer o mesmo sobre o ambiente em que o show foi realizado. O calor excessivo e a falta de ar condicionado no meio de uma plateia lotada foi um incômodo constante para quem assistiu à apresentação no Espaço das Américas. Felizmente, isso não tirou o brilho da passagem do Keane pelo Brasil.  

Foto: Alê Frata/Código 19 / Estadão

Veja também: 

 

Fonte: Equipe portal
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade