PUBLICIDADE

Juliette rebate nova acusação de plágio: "Inspiração para o visual"

28 nov 2023 - 17h56
(atualizado às 18h15)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Instagram/Juliette / Pipoca Moderna

A cantora Juliette, vencedora do "BBB 21", voltou ao centro das polêmicas com nova acusação de suposto plágio nas redes sociais. O motivo da controvérsia foi novamente uma referência visual. Páginas de fofoca acusaram Juliette de copiar o vídeo "Ainda É Tempo", da dupla Anavitória, no recém-lançado "Falta de Atenção". Entretanto, as duas obras referenciam uma terceira, "Rest Energy", um trabalho do casal Marina Abramović e Ulay.

A equipe de Juliette divulgou um comunicado sobre o caso, refutando as acusações de plágio e confirmando "a inspiração para o visual" na "obra 'Rest Energy' dos artistas Marina Abramović e Ulay, criada em 1980, em Amsterdã - dos quais a cantora tem profunda admiração". "Ressaltamos que as acusações de plágio são infundadas e estão sendo analisadas uma a uma pelo jurídico. O processo criativo buscou referenciar e homenagear a obra original sem reproduzi-la. A imagem, que se tornou referência na cultura pop, também influenciou outros artistas mundo afora, incluindo Juliette, que incorporou esses elementos em sua expressão artística", esclarece o texto.

Em 1980, Marina Abramović e o marido Ulay apresentaram uma performance de 4 minutos em que eles equilibravam uma flecha apontada para o coração da artista. A imagem da obra entrou na cultura pop, mas Juliette inverteu seu sentido, ao reproduzi-la de forma a ser ela quem aponta a flecha para um modelo masculino, como sinal de empoderamento.

Juliette foi envolvida em várias acusações semelhantes desde que lançou sua carreira musical, o que, inclusive, teria levado ao rompimento com a Rodamoinho Records, de Anitta. Foi logo no primeiro trabalho, o EP "Juliette" (2021), que as redes sociais começaram a apontar coincidências, como a semelhança da arte com a capa do single "Indestrutível" (2017), de Pabllo Vittar.

A milionária também foi acusada de plagiar visuais de Manu Gavassi e IZA nos clipes de "Quase Não Namoro" e "Não Sou de Falar de Amor". Ela ainda se envolveu numa polêmica com Duda Beat no projeto comercial "Magia Amarela", que seria uma cópia temática do sucesso "Amar-Elo", de Emicida. Após essa última polêmica, ela deu um basta na parceria comercial.

Pipoca Moderna Pipoca Moderna
Compartilhar
Publicidade
Publicidade