PUBLICIDADE

Famosos e fãs parabenizam Chico Buarque: "bem vindo aos 70”

19 jun 2014 19h00
| atualizado em 21/6/2018 às 11h26
ver comentários
Publicidade

Nascido no Rio de Janeiro, em 1944, Chico Buarque de Hollanda atingiu a casa dos 70 anos nesta quinta-feira (19). Ícone da música brasileira, o compositor e escritor foi lembrado por famosos, anônimos e também pelo Fluminense nas redes sociais. Agradecimentos, citações de trechos da obra do músico, lembranças de momentos históricos e brincadeiras sobre o poder de sedução de Chico, apesar da idade, estavam presentes em milhares de mensagens publicadas no microblog sobre o artista.

 

 

Elba Ramalho, cantora: Parabéns, #Chico Buarque de Holanda. Amo muito!!!!

Gilberto Gil, cantor e compositor: Hoje é o dia do querido parceiro Chico Buarque! Bem vindo aos 70!

Jean Pierre Noher, ator: Chico Buarque . A gente vai levando! Felices 70!

Fluminense F. C.: Parabéns pelos seus 70 anos de amor ao Tricolor, Chico Buarque!

Paula Lima, cantora: Muso... Poeta... Gênio... Brasileiro! Parabéns e felicidades! Te sinto quase um cúmplice... obrigada pela sensibilidade e leitura profunda, intensa da alma feminina ! Passei a me entender melhor te ouvindo, te cantando... Vc me virou a cabeça... rs... que jeito lindo de falar e viver... a vida, a paixão e o brasileiro... e tratar, nós mulheres com verdade e carinho em suas canções... Que vc inspire a todos cada vez mais... Homem... Lindo... ! #70AnosChicoBuarque  #Inspiração

Deborah Secco, atriz: Chico Buarque 70 anos. Obrigada por ter me ensinado a, além de gostar de boa musica e incrível poesia, acreditar no amor... Na sensibilidade... Nos sonhos... Artistas como vc são presentes raros! Privilégio para nós mortais! Vc viverá eternamente em mim... Por mais 70 e 70 e 70... #chicobuarque #chico70anos

Caetano Veloso, cantor e compositor: Chico chega aos setenta (e até agosto sou apenas um ano mais velho do que ele, prazer de dois meses a cada ano). O Brasil é capaz de produzir um Chico Buarque: todas as nossas fantasias de autodesqualificação se anulam. Seu talento, seu rigor, sua elegância, sua discrição são tesouro nosso. Amo-o como amo a cor das águas de Fernando de Noronha, o canto do sotaque gaúcho, os cabelos crespos, a língua portuguesa, as movimentações do mundo em busca de saúde social. Amo-o como amo o mundo, o nosso mundo real e único, com a complicada verdade das pessoas. Os arranha-céus de Chicago, os azeites italianos, as formas-cores de Miró, as polifonias pigmeias. Suas canções impõem exigências prosódicas que comandam mesmo o valor dos erros criativos. Quem disse que sofremos de incompetência cósmica estava certo: disparava a inevitabilidade da virada. O samba nos cinejornais de futebol do Canal 100, Antônio Brasileiro, o Bruxo de Juazeiro, Vinicius, Clarice, Oscar, Rosa, Pelé, Tostão, Cabral, tudo o que representou reviravolta para nossa geração foi captado por Chico e transformado em coloquialismo sem esforço. Vimos melhor e com mais calma o quanto já tínhamos Noel, Haroldo Barbosa, Caymmi, Wilson Batista, Ary, Sinhô, Herivelto. A Revolução Cubana, as pontes de Paris, o cosmopolitismo de Berlim, o requinte e a brutalidade de diversas zonas do continente africano, as consequências de Mao. Chico está em tudo. Tudo está na dicção límpida de Chico. Quando o mundo se apaixonar totalmente pelo que ele faz, terá finalmente visto o Brasil. Sem o amor que eu e alguns alardeamos à nossa raiz lusitana, ele faz muito mais por ela (e pelo que a ela se agrega) do que todos nós juntos. #CaetanoVeloso #Caetano #Parabéns Chico Buarque

Alexandre Nero, ator: 70 ser CHICO BUARQUE Eu posso chegar aqui e dizer “O papa é um chato”, ou “O Pelé nunca jogou nada”, “A Gisele Bündchen tá gorda”, que a seleção da Argentina é melhor que a nossa, posso falar que Einstein era um idiota, que as discussões no facebook entre petistas e tucanos são debates argumentativos riquíssimos, até dizer que Deus não existe, ou que Ele é uma invenção da Rede Globo. As pessoas aceitariam tudo isso, teríamos algumas pequeninas discussões, mas sempre teriam pessoas que concordariam comigo. MAS, se um dia eu vier aqui no blog e escrever algo do tipo: “O Chico Buarque é uma enganação, uma fraude”, pronto… serei exilado, castrado, jurado de morte, mulheres nunca mais farão sexo comigo, garçons nunca mais me atenderão no restaurante, o flanelinha riscará o meu carro, não me deixarão votar… Serei banido, sem perdão, da sociedade brasileira. Cairei no mesmo esquecimento que uma CPI no Congresso, ou o Túlio Maravilha. Nunca vi ninguém no Brasil falar mal do Chico, ou mulher que não o ame. Chico Buarque é o quinto poder! Sempre preferi Aldir Blanc a Chico Buarque como letrista, ou Tom Jobim e Guinga como compositor, sempre achei o Caetano mais artista do que o Chico, o João Bosco é muito mais músico, mas… nenhum deles junta tudo isso, com tamanha competência, num só. Os olhos do Fabio Assumpção são mais bonitos, o Romário joga mais bola, o Super-Homem voa mais alto. Mas, tudo junto num homem só? Só ele, Chico Buarque de Holanda. Que SACO! PS: o Chico, no palco e cantando é uma dessas coisas que não me interessam muito. Mas não é raro eu ouvir as canções do Chico e pensando: "COMO ELE CONSEGUE FAZER ISSO? Que raiva daquele desgraçado! É um FILHO DA PUTA!!" PS2: Fiz uma pesquisa (igual a dos militantes da situação e da oposição) e descobri que 85% dos ingressos-discos-músicas são comprados por mulheres, 85% casadas. 85% dos homens que compram ou vão aos seus shows são ameaçados fisicamente por suas companheiras. 100% dos homens tem inveja de Chico Buarque de Holanda.

Veja o que estão dizendo sobre Chico Buarque no Twitter:

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade