0

Backstreet Boys voltam com maturidade vocal em seu novo single

Ao divulgar 'No Place', mais um single do álbum 'DNA', a ser lançado dia 25, cantores apontam grande desempenho

5 jan 2019
16h32
  • separator
  • comentários

A banda Backstreet Boys acaba de colocar lenha na turnê que pretende transformar em algo bombástico este ano. Ela será realizada alguns meses depois do lançamento do disco DNA, previsto para 25 de janeiro. Será o 10.º álbum de estúdio do grupo e alguns dos autores das canções foram revelados pela gravadora, como Lauv (Charli XCX), Andy Grammer, Stuart Crichton (DNCE) e Mike Sabbath (J Balvin).

O BSB lançou, na tarde de sexta, 4, o single No Place, desta vez uma balada. As vozes parecem mais maduras, com mais recursos e com timbres menos adolescentes, mesmo sendo notório o tratamento acústico pelo qual passaram em estúdio.

Chances, o single composto por Ryan Tedder e Shawn Mendes, já havia saído com o mesmo propósito de aquecer o lançamento. Mesmo 25 anos depois de sua estreia, o grupo segue o mesmo padrão de canção que deve nortear o disco. Chances fala de um encontro casual e seu clipe é filmado em uma estação de metrô, explorando o que seria o acaso de um casal. "E se eu nunca tivesse esbarrado você? / E se você nunca tivesse sorrido pra mim? / E se eu também não tivesse notado você? / E você nunca tivesse aparecido onde eu estava? / O que uma garota como você está fazendo em um lugar desses / Em uma noite tranquila? / Quais são as chances? / O que um cara como eu está fazendo em um lugar desses? / Eu poderia ter simplesmente passado, quem teria pensado?"

A DNA Tour, programada para ser a maior gira do grupo em 18 anos, tem data de estreia no dia 11 de maio. Em três meses, Brian Littrell, Nick Carter, AJ McLean, Howie Dorough e Kevin Richardson vão passar por quase toda a Europa e América do Norte (o Brasil ainda não foi confirmado). Lugares como Staples Center, em Los Angeles; Barclays Center, no Brooklyn; e Bridgestone Arena, em Nashville, já estão na lista.

Ao jornal El País, Howie D falou sobre a experiência de sair mais uma vez para a estrada com o conjunto. "Quando esse grupo começou, há 26 anos, e durante todos os altos e baixos da nossa carreira, tivemos que aprender que não era sobre nós como indivíduos, mas sobre o que é melhor para o grupo."

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade