PUBLICIDADE

Veja a capela onde a rainha Elizabeth vai descansar pela eternidade 

Restos mortais do marido dela, o príncipe Philip, serão colocados ao lado do caixão da monarca

15 set 2022 - 11h02
Compartilhar
Exibir comentários

Na segunda-feira (19), após o fim da cerimônia fúnebre na majestosa Capela de São Jorge, no Castelo de Windsor, o caixão de Elizabeth II vai baixar 15 metros sob o piso. 

Será colocado em uma mesa de pedra. Ficará ali por dias, ou semanas, talvez meses. A decisão cabe ao rei Charles III. 

A despedida ao longo de 10 dias e a falta de pressa em colocar a monarca em seu destino final explicam o caixão de madeira revestido internamente de zinco. 

O material isola o cadáver da ação de organismos externos e da umidade. Ajuda a prolongar a preservação do corpo embalsamado. 

Quando for decidido enterrar a rainha, o caixão será depositado em uma câmara de pedra no nível do chão (semelhante à sepultura de um cemitério parque), em uma pequena capela à direita da nave da igreja.

Elizabeth II e a capela onde estão os restos mortais de seu pai, da mãe e da irmã
Elizabeth II e a capela onde estão os restos mortais de seu pai, da mãe e da irmã
Foto: Reprodução

Os restos mortais do marido de Elizabeth, príncipe Philip, morto em abril de 2021, aos 99 anos, serão transferidos para o local. 

Os dois, que foram casados por 73 anos, descansarão lado a lado pela eternidade. 

Em uma sala na mesma capela estão os restos mortais do pai da soberana, rei George VI (falecido em 1952), da rainha-mãe, Elizabeth (morta em 2002), e as cinzas da única irmã, princesa Margaret, também falecida em 2002.

O corpo da monarca que reinou por 70 anos vai repousar em capela intimista como esta
O corpo da monarca que reinou por 70 anos vai repousar em capela intimista como esta
Foto:

A parte final da cerimônia, após a urna da rainha desaparecer sob o chão, não será transmitida pela TV. A privacidade com um toque de mistério faz parte do rito. 

O mesmo acontece com os papas: o transporte do caixão até a câmara na cripta da Basílica de São Pedro acontece longe dos olhares da imprensa e do público. 

Como os súbitos e os turistas jamais poderão visitar o túmulo de Elizabeth II no Castelo de Windsor, homenagens acontecerão em torno das estátuas da monarca que serão construídas em breve em todos os cantos do Reino Unido.

Ilustração mostra como os caixões de membros da família real eram deixados por longo tempo
Ilustração mostra como os caixões de membros da família real eram deixados por longo tempo
Foto: Reprodução
Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail beniciojeff@gmail.com.
Compartilhar
Publicidade
Publicidade