0

Mayra Cardi explica por quê não está mais com seu cão na casa nova

Ex-BBB e Arthur Aguiar falaram sobre o motivo pelo qual Pipoca não mora mais com o casal

17 ago 2018
14h24
atualizado às 16h46
  • separator
  • 0
  • comentários

A ex-BBB Mayra Cardi e seu marido, Arthur Aguiar, usaram suas redes sociais para explicar o motivo pelo qual não estão mais com Pipoca, cachorro da raça Golden Retriever, que também parou de aparecer nos vídeos do casal.

Mayra Cardi
Mayra Cardi
Foto: Instagram / @mayracardi / Estadão

"O Pipoca nasceu com um problema na bacia, inclusive a gente pagou bastante tempo de fisioterapia pra ele, entre outras coisas. Quando a gente pegou ele, ninguém queria. Exatamente porque além de ter esse problema, ele não tem uma bola, e aí não pode reproduzir", começou Mayra.

"Como as pessoas tem essa raça pra ganhar dinheiro, reproduzir e vender o cachorro, elas não queriam ele e foi ficando de canto cada vez mais. Quando soube dos problemas, quis exatamente porque tinha condições de ajudar, e peguei ele pra cuidar. Ficou num spa um tempão"

Segundo ela, Pipoca tinha um problema na bacia, e chegou a fazer uma cirurgia. "Ele não pode, de jeito nenhum, hipótese alguma, ficar em porcelanato. E eu não sabia disso", continuou.

"Aí eu já estava grávida de Sophia. A única possibilidade de cuidar dele como precisava seria mudar de casa, onde tivesse um quintal para ele ficar na grama. Só que eu tava grávida, a gente não tinha como fazer esse tipo de mudança e comecei a ficar apavorada."

Arthur, seu marido, também falou sobre a situação: "Seria inviável trocar todo o piso de uma casa que nem é minha, já que moramos de aluguel, e muito menos mudar de casa sendo que temos um contrato e teríamos que pagar multa para sair".

De acordo com ele, o cão começou a passar horas deitado, se levantar com dificuldade e mancar.

"Seria muito egoísmo da minha parte ficar com o cachorro dentro da minha casa judiando dele só porque eu quero. Tinha que pensar no bem estar do cachorro e no que era bom pra ele, não pra me agradar. Isso era loucura", disse Mayra.

Segundo ela, uma conhecida da família que é apaixonada por cachorros e já tem três outros pets em uma casa enorme se ofereceu para cuidar de Pipoca.

"Ela pediu pra ficar com ele e cuidar dele. Então a gente tomou essa decisão, deixar ela cuidar do Pipoca, pela saúde e pelo bem dele. Foi muito difícil no começo, o Arthur sofreu pra c***".

"Até hoje quando a gente vai passear e passa um cachorro da mesma raça, parece ele vê um filho que morreu. Isso porque ele tem foto do cachorro todo dia, sempre que a menina pode manda as fotos, ele sabe que tá tudo bem, mas ele sofre", revelou.

"Algumas pessoas estavam perguntando se a gente ia doar o Pipoca. Não, a gente não vai doar", encerrou.

Arthur ainda desabafou sobre a repercussão do caso: "Estamos vivendo numa época chata pra cacete, onde todo mundo tá cheio de verdade absoluta e sabe de tudo! Falam com tanta certeza sobre coisas que elas não fazem a menor ideia que chega a ser assustador!"

Confira a postagem abaixo:

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade