PUBLICIDADE

Lúcia Veríssimo lamenta incêndio em sua fazenda: 'Metade está queimada'; veja vídeo

'Não soltem balão, não joguem lixo nas ruas, muito menos guimba de cigarro. A seca faz com que o fogo tome tudo', pediu atriz

16 jun 2024 - 18h50
(atualizado em 17/6/2024 às 10h59)
Compartilhar
Exibir comentários

Lúcia Veríssimo lamentou um incêndio na fazenda em que vive no interior de Minas Gerais em um longo relato publicado no Instagram na madrugada deste domingo, 16. Segundo ela, um grupo de pessoas teria entrado no local para caçar e derrubado restos de cigarro, o que ocasionou o fogo.

"Fui atendida pelos bombeiros de Juiz de Fora, mas eles levam três horas para chegar até aqui, o deslocamento não é fácil. A gente está noite adentro para tentar segurar a floresta, porque o resto da fazenda toda já foi tomado. Todos os pastos de todos os cavalos", disse.

A atriz fez um apelo: "Estou falando isso para todo mundo atentar para a irresponsabilidade das pessoas. Jogam guimba de cigarro numa seca, sabendo o que vai acontecer. [...] Não soltem balão, não joguem lixo nas ruas, muito menos guimba de cigarro. A seca faz com que o fogo tome tudo".

Lúcia Veríssimo em foto publicada no Instagram após incêndio em sua fazenda
Lúcia Veríssimo em foto publicada no Instagram após incêndio em sua fazenda
Foto: Instagram / Estadão

Lúcia Veríssimo ainda agradeceu ao Corpo de Bombeiros e nominalmente aos profissionais que compareceram à sua ocorrência, chamando-os de "verdadeiros heróis". "Eles conseguiram segurar, mas metade da fazenda está queimada", lamentou.

"Fiquei parecendo o Sérgio Cardoso quando ele fez a Cabana do Pai Tomás [à época, o ator realizava 'blackface' nas gravações]. Quem é das 'antigas' sabe a que me referi. Fiquei pintada de preto da fuligem. Respirando muito aquela fumaça, e com muito calor", concluiu.

O Estadão buscou contato com o 4º Batalhão de Bombeiros Militar - Juiz de Fora a respeito do ocorrido, mas não obteve retorno até a publicação desta matéria. Veja o vídeo com o relato de Lúcia Veríssimo acima.

Estadão
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade