PUBLICIDADE

Leandrinha Du Art rebate críticas de que estaria 'bancando' namorado

Nas redes sociais, a ativista desabafou: 'Povo é maldoso, vida; a gente sabe o que a gente vive'

9 dez 2023 - 19h14
Compartilhar
Exibir comentários
Leandrinha Du Art e namorado Izaac Medeiros, em um evento prestigiando Deolane Bezerra.
Leandrinha Du Art e namorado Izaac Medeiros, em um evento prestigiando Deolane Bezerra.
Foto: Foto: reprodução Instagram @leandrinhadu

Após receber uma enxurrada de ataques e comentários maldosos, Leandrinha Du Art resolveu comentar as críticas de que estaria "bancando" o namorado, o homem trans Izacc Medeiros.

Chateada com comentários relacionados a um vídeo em que expressava o desejo de comprar um videogame Playstation para o namorado, avaliado em aproximadamente R$ 4 mil, a ativista pelos direitos das pessoas com deficiência e mulher trans rebateu os comentários dos haters. 

“Povo é maldoso, vida, a gente sabe o que a gente vive. Deixa eu falar uma coisa, menos da metade das pessoas que assistem isso aqui não fazem ideia do que a gente passa”, disse Leandrinha. 

Na publicação, a ativista recebeu mensagens de apoio e carinho. “É difícil lidar com o julgamento dos outros, Leandrinha.  Mantenha-se forte e concentre-se no que é importante para você”, escreveu um internauta. Já outro perfil foi ácido e questionou o relacionamento do casal escrevendo: “KKKKKKKKKKKKKKKKK ela jura q ele gosta msm dela”.

Relacionamento

Leadinha e Issac começaram a namorar no dia 24 de outubro. Izacc tem 27 anos, é de Natal, no Rio Grande do Norte, e técnico em manutenção de dispositivos móveis. Já Leandrinha tem 28 anos e mora em Minas Gerais.

A ativista é uma referência na luta por direitos das pessoas com deficiência e LGBTQIA+.  Leandrinha Du Art, uma mulher trans com síndrome de Larsen, condição que afeta o desenvolvimento dos ossos, destaca-se como uma figura única.

Em sua luta diária, ela utiliza sua própria existência como meio de se comunicar com o mundo, desafiando estereótipos e proclamando que pessoas com deficiência também têm vidas sexuais e discutem questões de gênero. Sua abordagem é caracterizada pela ausência de cerimônia, vergonha ou medo.

Essa não foi a primeira vez que a ativista foi alvo de críticas e ofensas na internet. Recentemente, quando assumiu publicamente seu relacionamento com Izacc, recebeu diversos comentários ofensivos nas redes sociais. 

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade