PUBLICIDADE

Justiça bloqueia contas bancárias de Galvão Bueno; entenda o motivo

A empresa da família do narrador tem uma dívida com fundo de investimentos

21 jul 2021 13h07
| atualizado em 22/7/2021 às 12h44
ver comentários
Publicidade
Em sua conta, a Justiça encontrou R$ 1.401,17.
Em sua conta, a Justiça encontrou R$ 1.401,17.
Foto: Instagram: @galvaobueno / Famosos e Celebridades

O narrador Galvão Bueno teve suas contas bancárias bloqueadas pela Justiça de São Paulo, assim como sua esposa, Desirée Soares e Letícia Galvão Bueno, sua filha. As informações, divulgadas por Fábia Oliveira, do jornal "O Dia" repercutiram ao longo desta terça-feira (20).

Foto: SporTV/Reprodução / Famosos e Celebridades

A decisão foi tomada após uma ação judicial aberta pelo Fundo de Investimento Lest Credit contra a empresa Virtual Promoções e Participações, pertencente à família do locutor. Em 2017, o empreendimento tomou mais de R$ 1,3 milhão em um empréstimo junto ao fundo. Valor esse a ser pago em 31 parcelas. 

Há cerca de dois meses, a Virtual reconheceu a dívida e tentou um acordo para quitação dos débitos, no entanto o pagamento não foi totalmente cumprido. 

A defesa do narrador pediu a suspensão da decisão, alegando que os valores são impenhoráveis, por serem de caráter salarial e que as quantias "são necessárias para o sustento da família". 

Nas contas de Galvão, a Justiça encontrou R$ 1.401,17. Já na Desirée, foram bloqueados cerca de de R$ 90 mil, e na de Letícia, R$ 4,3 mil. 

Famosos e Celebridades
Publicidade
Publicidade