PUBLICIDADE

"Eu sou gay. Não tenho nada a esconder", diz Eduardo Leite, governador do RS

Entrevista foi exibida na madrugada desta sexta-feira (2) no "Conversa com Bial"

2 jul 2021 10h08
ver comentários
Publicidade
Eduardo Leite é pré-candidato à Presidência da República pelo PSDB.
Eduardo Leite é pré-candidato à Presidência da República pelo PSDB.
Foto: TV Globo/Reprodução / Famosos e Celebridades

Em entrevista ao "Conversa com Bial", da TV Globo, exibida na madrugada desta sexta-feira (2), Eduardo Leite (PSDB), governador do Rio Grande do Sul abriu o jogo pela primeira vez sobre sua orientação sexual. 

"Eu sou gay. E sou um governador gay, e não um gay governador, tanto quanto Obama nos Estados Unidos não foi um negro presidente, foi um presidente negro. E tenho orgulho disso. Não trouxe esse assunto, mas nunca neguei que sou. Nunca criei um personagem", afirmou. 

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Conversa com Bial (@conversacombial)

Alvo de críticas nas redes sociais, Eduardo resolveu colocar um ponto final sobre todas as especulações quanto a vida pessoal e disse que não tem nada a esconder. "Agora, como a minha participação nessa política nacional, nesse debate nacional, começa a despertar talvez maiores ataques por conta de adversários, alguns vêm com piadas, como se eu tivesse algo a esconder. Pois bem, que fique claro, não tenho nada a esconder", explicou. 

"Tenho orgulho dessa integridade de poder dizer também sobre a minha orientação sexual, quem eu sou, embora devêssemos viver num país em que isso fosse uma não questão, mas, se é, está aqui claro", disse. 

Apoio dos familiares

Pré-candidato à Presidência da República, Eduardo também contou sobre o apoio que recebeu ao revelar que era gay. "Eu tenho o privilégio de ter uma família que tem muito carinho uns pelos outros. Eu nunca parei para ter a conversa com eles, o papo cabeça. Aconteceu com naturalidade, apresentei um namorado que tive no passado para eles e foi absolutamente tranquilo". 

Entrevista foi exibida na madrugada desta sexta-feira (2).
Entrevista foi exibida na madrugada desta sexta-feira (2).
Foto: TV Globo/Reprodução / Famosos e Celebridades

Repercussão 

Após o posicionamento do governador, partidários e oposicionistas repercutiram a entrevista. A conta oficial do PSDB por exemplo, compartilhou um trecho da fala e o parabenizou pela iniciativa em revelar publicamente a sua orientação. Já o governador de São Paulo e colega de partido, João Dória, escreveu no Twitter: 'Admiração e respeito ao meu amigo". 

Luciana Genro (PSOL) que faz parte da bancada de oposição na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul disse: "Atitude corajosa de falar sobre sua orientação sexual. Atitude necessária para ajudar LGBTs que lutam pelo fim da discriminação".

"A sociedade só avança em cada momento histórico inspirada pelo exemplo. Que outros exemplos venham, de união, respeito e democracia", elogiou o senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE). 

Assumidamente gay, o senador Fabiano Contarato (REDE-ES) celebrou a bravura de Leite. "Parabenizo ao governador Eduardo Leite pela bravura! Sei a dor que é aprisão do armário, sobretudo num ambiente conservador como a Política, e cada um deve descobrir o momento certo para esse gesto. Seja feliz e siga seu ótimo trabalho: a vida será mais leve!". 

Em seu Instagram, Eduardo agradeceu a todas as palavras de respeito. "As inúmeras mensagens de carinho e apoio que estou recebendo me deixam absolutamente seguro: o amor vai vencer o ódio! Muito muito muito obrigado a todos vocês!", finalizou.

Famosos e Celebridades
Publicidade
Publicidade