0

Biel relembra episódio de assédio: "foi um mal-entendido"

Cantor chegou atrasado ao Pânico e abandonou entrevista no ar

23 out 2018
15h17
atualizado às 15h51
  • separator
  • comentários

O cantor Biel está de volta ao Brasil para retomar a carreira com o lançamento da turnê Phoenix. Nesta terça-feira, 23, participou do Pânico, na rádio Jovem Pan, e comentou os acontecimentos que motivaram sua mudança para os Estados Unidos.

Biel comentou episódio de assédio durante participação no Pânico.
Biel comentou episódio de assédio durante participação no Pânico.
Foto: Instagram / @biel / Estadão Conteúdo

"Comecei com 17 [anos], com 18 [anos] já fazia 200 mil [reais] por mês. Não sabia nada do que eu tava fazendo, foi muita responsabilidade muito cedo. Eu não me arrependo, se eu tivesse que passar por tudo de novo, eu passaria", disse o cantor, que chegou atrasado à entrevista.

O cantor ainda salientou detalhes do desentendimento com uma repórter em maio de 2016, quando foi acusado de assediá-la durante uma entrevista. "A entrevista demorou dois meses pra sair. Então até a entrevista sair, muita gente já tinha ouvido e virou um telefone sem fio", explica. No entanto, ele reafirma, como fez à época, que tudo foi um mal-entendido: "Eu não invadi privacidade alheia em nenhum momento, a gente estava num clima super descontraído". Ele revelou que conversou com a repórter após o julgamento e que ambos sabiam como o episódio havia sido conturbado para a carreira deles.

Além disso, Biel disse que, após o episódio, a gravadora Warner Music, com quem ainda trabalha, pediu para que ele "ficasse quieto por um ano" e se mudasse para os Estados Unidos, onde mora atualmente. No entanto, o casamento com Duda Castro também motivou a mudança: "Eu mudei pra lá pra trabalhar, e como ia trabalhar como turista? Eu precisava do casamento. Mudei pra lá por causa dela", explicou para rebater as acusações sobre ter se casado apenas para ganhar o green card, isto é, o cartão de residência permanente para imigrantes nos Estados Unidos.

O cantor abandonou o programa no ar após uma briga com Amanda, uma das integrantes da bancada do programa. Amanda também discutiu com Paulinha, produtora do Pânico na Jovem Pan.

 
VEJA TAMBÉM: Personalidades que abandonaram entrevistas durante a gravação

Veja também:

 

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade