PUBLICIDADE

Entenda a doença que levou Wesley Safadão a se afastar dos palcos

Sertanejo tinha até dificuldade para andar por causa da hérnia de disco; assessoria diz que ele passou por procedimento na manhã de segunda

27 jun 2022 - 18h31
(atualizado em 1/7/2022 às 13h47)
Ver comentários
O cantor Wesley Safadão cancelou shows.
O cantor Wesley Safadão cancelou shows.
Foto: Instagram/@wesleysafadao / Estadão

O cantor Wesley Safadão vai precisar se afastar temporariamente dos palcos por conta de uma hérnia de disco. A assessoria de imprensa do músico informou que ele estava com a doença, mas passou por um procedimento na manhã de segunda-feira, 27, em São Paulo, e está em observação. 

De acordo com o ortopedista André Tsai, que preside o Colégio Médico Brasileiro de Acupuntura (CMBA), a hérnia de disco ocorre quando um dos discos que sustentam a nossa coluna vertebral sai do lugar. Na medicina, inclusive, o termo "hérnia" significa que tudo está fora do lugar.

No caso específico que atingiu o cantor Wesley Safadão, a dor é um sinal de que o escape do disco pode estar atingindo algum nervo. Os casos mais comuns se concentram na lombar, onde a dor pode irradiar até as pernas. 

"A dor é tão intensa que você fica travado, com dificuldade pra fazer qualquer tipo de movimento, inclusive respirar", explica Tsai. 

Um vídeo de Safadão que circulou nas redes sociais até mostra o artista sendo amparado por sua esposa, a digital influencer Thyane Dantas, para subir as escadas do avião. 

O que causa a hérnia de disco

O escape dos discos da coluna pode ser causado por diferentes fatores. Traumas, má postura e até perda da hidratação natural do disco pode levar à perda do material dele - água e colágeno - para fora de onde deveria estar. 

Segundo o professor David Nordon, especialista em ortopedia pediátrica, a hérnia de disco é comum e os primeiros desgastes na coluna ocorrem, geralmente, aos 15 anos de idade. No entanto, nem toda hérnia causa dor. 

"Você pode ter uma fraqueza na perna ou no braço, formigamento e alteração de reflexo. Em casos mais graves, até a diminuição do controle do esfíncter, ocasionando perda de urina ou dificuldade para uninar", explica Nordon.

Como tratar a hérnia de disco

Especialistas ouvidos pelo Terra explicam que, apesar da dor aguda, o tratamento para hérnia de disco não é tão demorado. O ortopedista André Tsai estima evolução em quatro semanas, com medicação contra a dor, fisioterapia e fortalecimento muscular.

"A acupuntura também pode ser uma aliada ao tratamento", acrescenta. 

Já o ortopedista David Nordon reforça a importância do fortalecimento muscular para prevenção da dor, principalmente na região do core. Essa área reúne um grupo de músculos que vão da região do quadril até o início do abdômen.

"Quanto mais forte for esse seu core abdominal, mais ele vai estabilizar o abdômen e, por consequência, a coluna", afirma o médico. 

Nordon cita também a necessidade de controle do peso para evitar a hérnia de disco. Segundo ele, a cirurgia só é indicada em alguns casos, como quando há dor crônica ou perda de força em alguns membros.

*Com edição de Estela Marques.

Fonte: Redação Terra
Publicidade
Publicidade