PUBLICIDADE

DMX (1970-2021)

9 abr 2021
0comentários
Publicidade
Foto: Instagram/DMX / Pipoca Moderna

O rapper DMX morreu nesta sexta-feira (9/4) aos 50 anos em Nova York, após passar uma semana internado numa UTI devido a uma parada cardíaca.

Um dos mais bem-sucedidos e influente rappers dos EUA, DMX lutou contra o uso de abusos de drogas durante vários anos e já tinha passado por algumas internações para reabilitação.

Nascido Earl Simmons, no interior de Nova York, ele virou DMX nos anos 1990, com letras sobre a violência das ruas e dois álbuns de enorme sucesso, "It's Dark and Hell Is Hot" e "… And Then There Was X", que chegaram ao topo da parada de sucessos. Ao todo, ele lançou sete álbuns de estúdio, além de aparecer em vários filmes, incluindo "Barra Pesada" (1998), "Romeu Tem que Morrer" (2000) e "Contra o Tempo" (2003). Nos dois últimos, foi dirigido pelo polonês Andrzej Bartkowiak e formou parceria com o astro do cinema marcial chinês Jet Li.

"Romeu Tem que Morrer" (2000) acabou se tornando cultuado, por trazer também uma das últimas performances da cantora Aaliyah, que morreu num acidente de avião logo após seu lançamento.

DMX ainda contracenou com o fortão Steven Seagal em "Rede de Corrupção" (2001), novamente sob direção de Bartkowiak, e no mais recente "Beyond the Law" (2019). E chegou a interpretar a si mesmo na bem-sucedida comédia "No Auge da Fama" (2014), de Chris Rock.

Mas sua vida e carreira foram prejudicadas pelo abuso de drogas e problemas com a lei, que o levaram a cumprir várias penas consecutivas na prisão e encurtaram sua fase de sucesso.

As prisões começaram em 2011, com 11 meses por violação de condicional. Mal saiu, ele voltou a ser detido em 2013 por posse de maconha. Em 2015, foi condenado a outros seis meses de detenção por não pagar US$ 400 mil de pensão alimentícia. E finalmente, em 2018, foi preso após ser flagrado em um exame toxicológico obrigatório, testando positivo para opiáceos, cocaína e oxicodona.

Quando foi detido desta última vez, DMX estava em liberdade condicional por sonegação fiscal. Ele devia US$ 1,7 milhão em impostos.

A causa da morte não foi confirmada oficialmente. Entretanto, o site TMZ afirma que o cérebro de DMX teria ficado privado de oxigênio por cerca de 30 minutos durante uma overdose.

Lembre abaixo cinco sucessos do rapper.

Pipoca Moderna Pipoca Moderna
Publicidade
Publicidade