0

Games brasileiros também 'cavaram' seu espaço na CCXP 2017

11 dez 2017
08h35
atualizado em 6/12/2018 às 11h42
  • separator
  • comentários

A Comic Con Experience 2017, um dos mais importantes eventos do calendário geek e pop do Brasil, terminou nesse domingo (10). Recheado de gibis, livros, badulaques nerds e artistas brasileiros e internacionais exibindo suas obras, o evento cedeu espaço para alguns dos games brasileiros, que chamaram a atenção do público presente.

Games nacionais também fazem presença na CCXP.
Games nacionais também fazem presença na CCXP.
Foto: Kao Tokio, repórter especial do Drops de Jogos e Rádio Geek

Um dos destaques desse ano nesse quesito, ficou com a produção interativa dos artistas Raul Tabajara e Monique Moon, que produziam ao vivo o game Masmorra da Tortura, com as caricaturas do público presente.

Games nacionais também fazem presença na CCXP.
Games nacionais também fazem presença na CCXP.
Foto: Kao Tokio, repórter especial do Drops de Jogos e Rádio Geek

A Spcine, empresa paulistana de investimento para o setor de audiovisual, instalou um agradável espaço na feira para apresentar ao público so quatro games finalistas do concurso K.O. HQ, que une quadrinhos nacionais e jogos digitais inspirados nestas obras.

O estúdio Webcore apresentou o jogo Timo, baseado na HQ homônima, que narra a saga de um jovem para preservar seu único livro de uma sociedade distópica que baniu a leitura.

Games nacionais também fazem presença na CCXP.
Games nacionais também fazem presença na CCXP.
Foto: Kao Tokio, repórter especial do Drops de Jogos e Rádio Geek

O Waba Waba Media trouxe o jogo Pátria Armada, também baseado em HQ de mesmo nome, que apresenta os conflitos sociais e urbanos de uma guerra civil no Brasil.

O Reload Game Studio converteu a HQ Kung Fu Ganja em um game de luta com três personagens. A obra original é uma webcomic de humor e aventura no período medieval, na China.

Wasteland Scumfuck into the Godzilla's Trap é o título do game de pancadaria criado pelos desenvolvedores do estúdio Gixer. o Projeto é baseado no livro em quadrinhos Terra de Demônios, do autor e ilustrador Yuri Moraes.

Games nacionais também fazem presença na CCXP.
Games nacionais também fazem presença na CCXP.
Foto: Kao Tokio, repórter especial do Drops de Jogos e Rádio Geek

Os Castro Brothers também estiveram presentes ao evento, convertendo o bem sucedido game A Lenda do Herói em uma saga em quadrinhos. A história resgata o humor dos vídeos clássicos dos youtubers narrando as desventuras do herói da lenda.

Outros espaços também apresentavam brincadeiras, como o estande da Estrela, com o Genius, ou a marca de achocolatado Toddy, que instalou um vasto espaço para boardgames.

Para saber mais sobre a coleção geek Chiaroscuro, acesse: www.riachuelo.com.br/comic-con

Para mais informações sobre o evento CCXP, acesse: www.ccxp.com.br

E para saber mais sobre a Rádio Geek, acesse: www.radiogeekbr.com.br

 

Veja também:

Rádio Geek

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade