PUBLICIDADE

Novo filme de Karim Aïnouz vai concorrer à Palma de Ouro no Festival de Cannes

"Motel Destino" é segundo filme seguido do cineasta brasileiro a disputar a mostra competitiva do festival francês

11 abr 2024 - 16h23
(atualizado às 17h23)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Divulgação/Gullane - Maria Lobo / Pipoca Moderna

O diretor brasileiro Karim Aïnouz vai concorrer à Palma de Ouro no Festival de Cannes pela segunda vez consecutiva, desta vez com a obra nacional "Motel Destino". Após competir em 2023 com o filme internacional "Firebrand", Aïnouz retorna com um filme que explora as nuances do thriller erótico ambientado no calor intenso do Nordeste brasileiro.

"Motel Destino" incorpora o cenário e a atmosfera nordestina para contar a história de um motel de beira de estrada que, sob o calor implacável da região, é palco de jogos perigosos de desejo, poder e violência. Uma noite, a chegada de um jovem, interpretado pelo estrante Igor Xavier, muda completamente o cotidiano e o destino do motel. O elenco da produção também inclui Nataly Rocha ("Segunda Chamada") e Fabio Assunção ("Onde Está Meu Coração").

Reconhecimento e contexto no festival

'Motel Destino', de Karim Aïnouz, concorre à Palma de Ouro no Festival de Cannes 2024
'Motel Destino', de Karim Aïnouz, concorre à Palma de Ouro no Festival de Cannes 2024
Foto: Redação Entre Telas

Ao comentar sobre sua nova participação no festival, a sexta da carreira, o diretor destacou a importância desse retorno: "É sempre muito emocionante ter um filme selecionado para o Festival de Cannes. É um retorno que marca minha contínua conexão com o cinema brasileiro em um contexto global."

Aïnouz lançou sua carreira em Cannes, onde ele estreou com "Madame Satã" em 2002, e foi aclamado em diversas outras participações com filmes diversos, chegando a vencer a mostra Um Certo Olhar (Un Certain Regard) com "A Vida Invisível" em 2019.

Com "Motel Destino", ele busca não só explorar temas intensos e provocativos mas também ampliar as fronteiras do cinema brasileiro. Aïnouz expressou grande entusiasmo por esta participação: "Retornar a Cannes com um filme que celebra minha volta ao cinema brasileiro após anos é uma dupla celebração. 'Motel Destino' é uma obra que desafia, seduz e revela a vitalidade de nossa cultura."

Neste ano, a seleção oficial do festival francês conta com filmes novos de grandes diretores, como os americanos Francis Ford Coppola, Paul Schrader e Sean Baker, o canadense David Cronenberg, o grego Yorgos Lanthimos, a inglesa Andrea Arnold, o italiano Paolo Sorrentino, os iranianos Ali Abassi e Coralie Fargeat, o chinês Jia Zhang-Ke, o russo Kirill Serebrennikov e o português Miguel Gomes.

Pipoca Moderna Pipoca Moderna
Compartilhar
Publicidade
Publicidade