PUBLICIDADE

Festival do Rio 2023: Com comédia, Brasil e Argentina se unem para provar que um filme não precisa ser chato para provocar reflexões profundas (Entrevista Exclusiva)

A realidade da educação pública entra em pauta com bom humor no filme argentino.

13 out 2023 - 20h40
Compartilhar
Exibir comentários

Desde o futebol até a política, fazer piada dos problemas é algo que aproxima os povos latinos tanto quanto as fronteiras que compartilhamos. Durante a estreia de Puan, parte da Première Latina do Festival do Rio 2023, no tradicional cinema de rua Estação Botafogo, as risadas de situações da rotina de um professor portenho mostraram que o "rir para não chorar" prevalece sempre.

Foto: Helène Louvart / Adoro Cinema

Mais acostumados em retratar as "calles" e pampas argentinas sob um tom mais dramático, Benjamín Naishtat e María Alché fizeram questão de produzir uma comédia para retratar a realidade do nosso país vizinho. Com coprodução brasileira, o longa-metragem chegou às terras cariocas já laureado com dois prêmios do Festival de San Sebastián: Melhor Ator para Marcelo Subiotto e Melhor Roteiro.

Após a morte repentina de seu mentor, Marcelo Pena (Marcelo Subiotto) está pronto para preencher a cadeira de professor titular de Filosofia da Universidade de Buenos Aires (UBA). Mesmo sendo a aparente escolha certeira para a função, seus esforços de anos podem ser em vão, porque tudo muda com o retorno de Rafael Sujarchuk (Leonardo Sbaraglia), seu colega mais atraente e carismático. Com a crise econômica - e a da meia-idade - batendo à porta, o filósofo tenta equilibrar seus dramas pessoais com os da faculdade.

Em entrevista exclusiva ao AdoroCinema, o diretor Benjamín Naishtat, ressalta a necessidade de contar histórias com conflitos próximos aos da vida real no cinema, a fim de gerar identifica…

Leia o artigo em AdoroCinema

Guia do Festival do Rio 2023: Confira tudo o que está acontecendo no evento carioca este ano

Festival do Rio 2023: O Mensageiro, o mais novo filme de Lucia Murat sobre a Ditadura, busca alcançar o Brasil contemporâneo (Entrevista Exclusiva)

Festival do Rio 2023: Um dos maiores romances da literatura brasileira ganha as telas e salva de palmas em casamento perfeito entre teatro e cinema

2º Oscar pra Natalie Portman? Novo filme foi elogiado pela crítica e mostra a atriz da Marvel ultrapassando todos os limites

Adoro Cinema
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade