PUBLICIDADE

'Thor: Amor e Trovão': O que significam as cenas pós-crédito?

O filme tem duas cenas finais

8 jul 2022 - 08h00
(atualizado às 10h29)
Ver comentários
Publicidade

SPOILERS ABAIXO!

'Thor: Amor e Trovão': Entenda as cenas pós-crédito:

"Thor: Amor e Trovão" vai te surpreender.

Depois de "Ragnarok" (2017) dividir opiniões, o novo filme solo do herói consegue conquistar, divertir e emocionar.

Em um roteiro equilibrado de Taika Waititi, que também é o diretor, e Jennifer Kaytin Robinson, a produção mantém a raiz do bom humor que o personagem sempre trouxe em sua veia, mas consegue fazer rir com piadas cheias de leveza e sagacidade, deixando para trás aquele traço mais “pastelão” que vimos anteriormente.

Com um elenco entrosado e poderoso, Chris Hemsworth, Tessa Thompson e Natalie Portman trazem ritmo para uma história que vai direto ao ponto, sem deixar muitas pontas soltas e isso é ótimo. "Amor e Trovão" não tem espaço para perda de tempo, é enxuto, gostoso de assistir e traz o melhor de seus persongens. Por falar em personagem, precisamos falar da Poderosa Thor. Natalie Portman consegue entregar uma heroína forte e ao mesmo tempo vulnerável, que emociona em sua luta contra uma doença, fator esse que vem de uma ligação direta com os quadrinhos. 

Além disso, o vilão intenso de Christian Bale é um dos outros pontos fortes do filme. O Gorr de Bale é a carga dramática que o filme equilibra tão bem. Apesar dos momentos de alívio cômico, o filme já começa com uma cena intensa do vilão e sua transformação. Com uma justificativa convincente do motivo que o levou a ser o Carniceiro dos Deuses, Bale preenche a tela com suas camadas de talento em um vilão a altura do MCU.

 

Cenas pós 

Se prepara porque temos spoilers abaixo, já que falaremos sobre as duas cenas pós-créditos de "Thor: Amor e Trovão". Você provavelmente deve estar se perguntando se realmente vale a pena esperar pela segunda cena, que, geralmente, é algo mais em tom de piada, mas te garanto que essa vale assistir.

A primeira cena pós de "Thor: Amor e Trovão" é um momento bastante esperado pelos fãs dos quadrinhos. Nela, vemos Zeus revoltado com a humilhação e exposição que passou nas mãos de Thor, Valquíria e Poderosa Thor. Depois da visita deles no Olimpo, os três conseguem roubar o raio de Zeus, sua arma poderosa, e deixá-lo em uma posição bem vulnerável diante daqueles que o veneravam. Percebendo que os Deuses estão perdendo força e sua moral está em baixa, ele convoca seu filho, Hércules, para ir atrás de Thor e fazer justiça. Nos quadrinhos, Hércules é um dos principais oponentes de Thor. 

Muito já se especulava sobre a chegada de Hércules no MCU, mas ainda não se sabia quem seria o escolhido. Para o papel, a Marvel escolheu Brett Goldstein, que recentemente esteve na série de sucesso "Ted Lasso". Apesar de poucos minutos em tela, dá para perceber que o Hércules de Brett chega com uma veia mais intensa, sem muito “mimimi”.

A segunda cena é mais emocionante. Depois da cena forte da despedida e morte de Jane, a nossa Poderosa Thor aparece em Valhalla, para onde os deuses vão quando morrem em batalha. Com Hendall, grande parceiro de Thor a vida toda, a cena conclui que, mesmo com pouco tempo em posse do martelo, ela morreu e viveu como uma Deusa.

Foto: Divulgação

 

Vic View
Publicidade
Publicidade