2 eventos ao vivo

Carnaval do Rio

Dois pra lá, dois pra cá é o único a atravessar túnel no Rio

Agência Brasil
6 fev 2016
18h04
  • separator
  • 0
  • comentários

O carnaval carioca tem centenas de blocos de rua e o Rio de Janeiro dezenas de túneis. No entanto, apenas um bloco atravessa um túnel da cidade. É o Dois pra lá, dois pra cá, que desfila no fim da manhã de sábado de carnaval, saindo de Botafogo em direção a Copacabana, na zona sul.

O Dois pra lá, dois pra cá foi criado há 27 anos pelo dançarino e coreógrafo Carlinhos de Jesus, que mantém uma academia de danças na Rua Álvaro Ramos, naquele pedaço do bairro de Botafogo, separado de Copacabana apenas pelos cerca de 300 metros do Túnel Novo.

No início, o bloco era formado basicamente por alunos e profissionais da Casa de Danças Carlinhos de Jesus. Aos poucos o grupo foi conquistando os foliões da vizinhança e mesmo de outras partes da cidade.

“Há 25 anos saio no Dois pra lá, dois pra cá”, informou Lucia Rocha, moradora de Botafogo. “Gosto dele porque é um bloco familiar, sem muita gente bêbada e com pouca confusão.”

Do alto de um carro de som, Carlinhos de Jesus comandou o desfile do bloco, que, ao entrar na Avenida Lauro Sodré, que dá acesso ao Túnel Novo, gerou retenções, mas não chegou a interromper o tráfego entre os dois bairros. Já em Copacabana, o desfile seguiu pela Avenida Princesa Isabel até a Avenida Atlântica.

Sambas-enredo e sambas de quadra bem conhecidos são o forte do repertório do Dois pra lá, dois pra cá e servem para que os alunos da academia demonstrem no pé o que aprenderam no salão. Uma dessas alunas é a própria porta-estandarte do bloco. 

“É a primeira vez que saio no bloco. Frequento a casa de danças do Carlinhos e fui escolhida para sair à frente do desfile”, disse Kellen Rosa. O Dois prá lá, dois prá cá atraiu cerca de 4 mil foliões.

 

Agência Brasil Agência Brasil
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade