PUBLICIDADE

MG: motorista perde controle e atropela cerca de 30 pessoas em carnaval de rua

Caso aconteceu na região central de Minas Gerais, na noite desta sexta-feira, 9; Motorista estava embriagado e recebeu voz de prisão

10 fev 2024 - 10h05
(atualizado às 12h05)
Compartilhar
Exibir comentários
Motorista atropela cerca de 30 pessoas em carnaval de rua em Minas Gerais:

Um motorista embriagado, de 43 anos, perdeu o controle do carro e atropelou ao menos 27 pessoas durante um carnaval de rua na cidade de São Gonçalo do Rio Abaixo, na região central de Minas Gerais, na noite desta sexta-feira, 9, por volta de 22h45. Três das vítimas estão em estado grave -- duas mulheres, de 18 e 55 anos, e um homem de 60 anos.

Segundo ocorrência da Polícia Militar obtida pelo Terra, foi comprovado que o condutor do veículo estava embriagado. Diante da situação, o motorista "recebeu voz de prisão por dirigir veículo automotor sob a influência de álcool e por lesão corporal em múltiplas vítimas", informa a PM.

Após o acidente, segundo a Polícia Militar, o motorista precisou ser resgatado por agentes da corporação, pois ele foi alvo de uma tentativa de linchamento por quem estava no local

Por também ter se ferido, o motorista não foi liberado do hospital. Então, segundo a autoridade policial, o procedimento de lavratura do auto de prisão em flagrante delito (APFD) foi realizado sem sua condução à delegacia por impossibilidade, em razão de saúde. Seu veículo foi apreendido por crime de trânsito.

Foto: Reprodução/CNN

De acordo com nota emitida pela prefeitura de São Gonçalo do Rio Abaixo, o acidente aconteceu no bloco Makako Loko, durante a festa Gonçalo Folia 2024.

"Estamos comprometidos em oferecer todo o suporte necessário às vítimas deste lamentável incidente", complementou a prefeitura, lamentando a situação.

A gestão municipal também informou que as vítimas estão recebendo atendimento e seguem sob monitoramento no hospital local de São Gonçalo do Rio Abaixo.

"Adicionalmente, em meio às dificuldades impostas pelos hospitais lotados devido a casos de dengue, a Prefeitura e a Secretaria de Saúde estão atuando em esforço conjunto para garantir que todas as pessoas que necessitam de remoção sejam transferidas", explicam.

A Polícia Civil confirmou ao Terra que as investigações sobre o caso estão em andamento. 

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade