PUBLICIDADE

Presidente de escola de samba desabafa e chama prefeito de ‘ditador’ antes de entrar na passarela

Após acusar a prefeitura de perseguição, na madrugada deste sábado, 10, a Inocentes de Belford Roxo desfilou na série Ouro da Sapucaí

10 fev 2024 - 09h20
(atualizado às 11h05)
Compartilhar
Exibir comentários
Presidente de escola de samba desabafa e chama prefeito de Belford Roxo de ‘ditador’:

O presidente da escola de samba Inocentes de Belford Roxo, Reginaldo Gomes, desabafou antes de entrar na passarela do Sambódromo da Marquês de Sapucaí, no Rio de Janeiro. Na ocasião, gravada em vídeo que repercute nas redes sociais, ele ataca o prefeito da cidade da agremiação, Wagner dos Santos Carneiro (Republicanos), o Waguinho, o acusando de perseguição.

A Inocentes desfilou na madrugada deste sábado, 10, no primeiro dia da série Ouro, com o enredo “Debret pintou, camelô gritou: ‘Compre 2, leve 3!’ Tudo para agradar o freguês!".

“A Inocentes foi perseguida em Belford Roxo, a Inocentes foi proibida de ensaiar em Belford Roxo, a Inocentes sofreu nesses últimos meses todos os tipos de covardias possíveis, mas a gente hoje vai deixar um recado aqui. A diretoria da Inocentes fez de tudo, tivemos o nosso ateliê despejado... E para o prefeito [Waguinho] ditador de Belford Roxo: vamos mandar a resposta hoje Inocentes”, disse o presidente da Inocentes. 

O presidente da escola de samba Inocentes de Belford Roxo, Reginaldo Gomes, criticou o prefeito da cidade e exaltou outros políticos
O presidente da escola de samba Inocentes de Belford Roxo, Reginaldo Gomes, criticou o prefeito da cidade e exaltou outros políticos
Foto: Reprodução/Twitter/@scarnavalesco

Em agosto passado, a agremiação foi despejada do tradicional galpão que ocupava. Além disso, também não obteve autorização de Belford Roxo para fazer ensaios de rua. 

Ao longo do discurso, feito na concentração da escola, Reginaldo Gomes também citou outras figuras políticas - mas, neste caso, as parabenizando. Ele agradeceu, por exemplo, ao prefeito do Rio de Janeiro Eduardo Paes e ao governador Cláudio Castro por “estarem investindo no Carnaval, do Rio de Janeiro, mostrando que isso traz renda, emprego e cultura".

A reportagem buscou contato com a assessoria de comunicação da prefeitura de Belford Roxo, assim como com o gabinete do prefeito Waguinho, em busca de esclarecimentos e posicionamentos  sobre as acusações, mas não obteve resposta até a publicação desta matéria. Após retorno, o espaço será atualizado.

Da curtição a pegação: que tipo de folião você é?:
Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade