PUBLICIDADE

Alceu Valença se confunde e canta música repetida no Bicho Maluco Beleza: 'Eu ja cantei essa, né? Eita p**'

Artista comemora o sucesso e a proporção do bloco que anima foliões ao som de frevo e maracatu

3 fev 2024 - 19h21
(atualizado às 21h57)
Compartilhar
Exibir comentários
Resumo
Alceu Valença arrastou uma multidão de foliões aos arredores do Parque do Ibirapuera. Grupo formado por pessoas de todas as idades cantaram sucessos do cantor e compositor pernambucano que levou Lenine como convidado especial.
Bloco Maluco Beleza lota Parque do Ibirapuera no pré-carnaval de São Paulo
Bloco Maluco Beleza lota Parque do Ibirapuera no pré-carnaval de São Paulo
Foto: Natalia Cuqui

Um dos blocos mais populares no pré-carnaval de São Paulo, o Bicho Maluco Beleza animou os foliões que lotaram os arredores do Parque do Ibirapuera na tarde deste sábado (3). Público de vários pontos da capital paulista e das mais variadas idades se dirigiram à zona sul da cidade para entoar em uníssono clássicos da autoria de Alceu Valença, como "Morena Tropicana", "Anunciação" e "La Belle de Jour".

A chuva de hits chegou a confundir o próprio artista, que quase executou mais de uma vez uma música do setlist. Bem humorado, logo notou a repetição e divertiu o público ao se atentar com a confusão. "Eu ja cantei essa, né? Eita p**", desculpou-se.

Mesmo com a grande circulação de pessoas, o cortejo foi tranquilo e o anfitrião aproveitou o momento para sugerir paz ao leste europeu. "Bicho Maluco Beleza é paz. Vamos levar essa paz lá pra Ucrânia", disse depois de interpretar "Pagode Russo", de Luiz Gonzaga.

Alceu Valença e Lenine no Bloco Bicho Maluco Beleza no Parque do Ibirapuera
Alceu Valença e Lenine no Bloco Bicho Maluco Beleza no Parque do Ibirapuera
Foto:

Neste ano, o pernambucano levou as faixas do novo álbum "Bicho Maluco Beleza – É Carnaval”, lançado em janeiro, com colaborações de artistas renomados, além dos sucessos carnavalescos e versões frevo de clássicos. "O álbum teve Ivete Sangalo, Maria Bethânia, Lenine, Juba meu filho, Almério, Elba Ramalho e Geraldo Azevedo. Maravilhoso! Foi um grande encontro", comemorou o músico, que convidou Lenine para participar do bloco. O conterrâneo aproveitou a folia para celebrar o aniversário dos 65 anos completados na última sexta-feira (2). 

Família como a da pequena Clara, de 3 anos, se reúne todos os anos para prestigiar Alceu Valença. A mãe e a vovó preparam uma fantasia especial para curtirem o bloco de maneira estilosa. Além disso, estavam com as músicas do repertório, do início ao fim, na ponta da língua, além de vestirem o mesmo look homenageando o frevo.

Mãe, filha e neta se fantasiam de frevo para curtir Alceu Valença
Mãe, filha e neta se fantasiam de frevo para curtir Alceu Valença
Foto: Natalia Cuqui

As amigas Fabiana, Vanessa, Michele, Gislene e Laura é um outro grupo que bate cartão no bloco desde a estreia, em 2015. A turma autointiulada de "bloqueiras oficiais" garante que só vai parar na quarta-feira de cinzas, e que o componente essencial para manter a energia até o final da festa, além da água, é a energia do grupo.

As 'bloqueiras oficiais' no Bloco Maluco Beleza no Parque do Ibirapuera na tarde de sábado (3)
As 'bloqueiras oficiais' no Bloco Maluco Beleza no Parque do Ibirapuera na tarde de sábado (3)
Foto: Natalia Cuqui

Alceu mostrou-se satisfeito com a alegria e a quantidade de foliões que acompanharam o cortejo. "Quando a gente começou esse bloco, o carnaval era desse tamanhinho. Agora está desse tamanhão", vibrou ele, em cima do trio.

Apesar do sol não ter aparecido, o clima estava abafado e não afastou os foliões, muito pelo contrário. A chuva, que durou cerca de 10 minutos, aliviou quem estava com calor. Além disso, os calorentos contaram com a ação de um patrocinador que circulou pelo bloco com uma mangueira espirrando água para refrescar a todos.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade