0

"Beautiful Trauma", da cantora Pink, lidera Billboard e é uma das maiorias estreias de 2017

23 out 2017
20h07
  • separator
  • comentários

A cantora pop Pink subiu ao topo da parada norte-americana de álbuns Billboard 200 nesta segunda-feira com uma das maiores vendas de estreia de álbum no ano, superando os novos álbuns do rapper Gucci Mane e do roqueiro Beck.

Cantora Pink canta no MTV Video Music Awards em Inglewood, na Califórnia
 27/08/2017      REUTERS/Mario Anzuoni
Cantora Pink canta no MTV Video Music Awards em Inglewood, na Califórnia 27/08/2017 REUTERS/Mario Anzuoni
Foto: Reuters

"Beautiful Trauma", sétimo álbum de estúdio de Pink, vendeu 408 mil unidades em sua primeira semana. O número representa venda de álbuns e faixas e consumo por streaming, de acordo com números da Nielsen SoundScan.

    A forte venda na primeira semana é a maior estreia para uma artista mulher neste ano e quarta maior estreia de álbum em 2017, atrás de "Damn.", de Kendrick Lamar, "More Life", de Drake, e "Divide", de Ed Sheeran.

    A Billboard 200 contabiliza unidades a partir de vendas de álbuns, de músicas (10 faixas equivalem a um álbum) e atividade em streaming (1.500 reproduções equivalem a um álbum).

    O álbum "Mr. Davis", de Gucci Mane, estreou em segundo, com 70 mil unidades vendidas, e "Colors", de Beck, estreou na terceira posição, com 46 mil unidades vendidas. A cantora e compositora St. Vincent foi a única nova entrada no top 10 da parada Billboard 200, com seu álbum "Masseduction" na posição de número 10.

Na parada Músicas Digitais, que mede vendas de singles online, a banda de rock alternativo Imagine Dragons subiu uma posição para o topo com "Thunder". O single de Lin-Manuel Miranda repleto de estrelas para ajudar vítimas do furacão em Porto Rico, "Almost Like Praying", caiu da primeira para a 51ª posição.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade