PUBLICIDADE

Quadro parcialmente destruído de Banksy é leiloado em Londres

Obra foi arrematada pelo valor recorde de R$ 121 milhões

15 out 2021 13h01
| atualizado às 13h07
ver comentários
Publicidade

Uma obra do artista de rua britânico Banksy, que se autodestruiu parcialmente durante um leilão em 2018, foi arrematada pela quantia de 16 milhões de libras (por volta de R$ 121 milhões).

'Love is in the Bin' foi parcialmente destruída em 2018, logo depois de ter sido arrematada
'Love is in the Bin' foi parcialmente destruída em 2018, logo depois de ter sido arrematada
Foto: EPA / Ansa - Brasil

O novo leilão do quadro "Love is in the Bin" foi realizado na última quinta-feira (15), em Londres, e se tornou a maior venda de Banksy. A obra foi o que restou da tela "Girl with Balloon", picotada ao vivo pouquíssimo tempo depois de ter sido arrematada.

Na ocasião, minutos depois da obra ser comprada, a tela deslizou para baixo e foi parcialmente destruída por um triturador de papel escondido na moldura.

No novo leilão, com as taxas inclusas, o comprador do quadro desembolsou 18,5 milhões de libras (R$ 140 milhões). O preço estimado pela obra era entre 4 e 6 milhões de libras.

A casa de leilões Sotheby's não revelou o nome da vendedora, mas foi descrita como uma colecionadora natural da Europa. .
   

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade