PUBLICIDADE

Escavação em antigo cinema italiano revela 'micro' Pompeia

Descoberta em Verona foi datada do século 2

14 jun 2021 11h59
| atualizado às 12h16
ver comentários
Publicidade

Uma escavação no subsolo de um prédio que abrigava um antigo cinema em Verona, na Itália, revelou o que os pesquisadores estão chamando de uma "micro" Pompeia nesta segunda-feira (14). O local fica próximo ao famoso Porta Borsari, um antigo portão romano do século 1.

Portão da cidade de Porta Borsari em Verona
Portão da cidade de Porta Borsari em Verona
Foto: iStock

O complexo, datado aproximadamente do século 2, tem a sua função ainda desconhecida, mas as paredes e o chão estão repletos de afrescos e desenhos muito coloridos que sobreviveram a um incêndio.

Os arqueólogos acreditam que a destruição pelo fogo colocou fim ao uso do local, que com o passar dos séculos, teve outras construções no terreno. A certeza de que houve um incêndio ali é por conta da quantidade de restos de madeira chamuscada de tetos desmoronados, um móvel de madeira carbonizado dentro de um ambiente que, apesar da destruição pelas chamas, manteve vivas as cores dos afrescos nas paredes.

Depois de 15 anos das primeiras investigações, informa a Superintendência Arqueológica de Verona, voltou-se a escavar nessa área - no maior projeto de restruturação e requalificação do local iniciado pelos novos proprietários. Os achados dos últimos dias da época do Império Romano confirmam as expectativas do projeto.

Além dos afrescos, foram localizados sistemas de aquecimento de pisos e paredes, além de pavimentos de cimento decorados com diversos tipos de técnicas da época.

Ainda conforme o órgão público, o ex-cinema Astra foi fechado há muitos anos e estava localizado na via Oberdan, a estrada que liga o Porta Borsari a praça Bra. Conforme os historiadores, o portão romano marcava a principal entrada da antiga cidade romana, entrando na via Postumia (que circundava o antigo Foro Romano, atual praça Erbe).

A Superintendência ainda informou que dará mais detalhes dos trabalhos de recuperação da área na próxima quinta-feira (17).
   

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade