0

Drama 'Nomadland' recebe Leão de Ouro em Veneza

Festival de cinema italiano foi encerrado neste sábado (12)

12 set 2020
16h13
atualizado às 16h25
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O filme 'Nomadland', de Chloé Zhao, venceu o Leão de Ouro na 77ª edição do Festival de Cinema de Veneza, que terminou neste sábado (12).

A cineasta americana de origem chinesa é a primeira mulher a receber o renomado prêmio em 10 anos. Estrelado pela atriz Frances McDormand, vencedora de dois Oscars, o filme narra o colapso econômico de uma cidade na zona rural de Nevada, que transforma vans em habitações, explorando a vida fora da sociedade convencional de um grupo de nômades modernos.

A história da cidade-fantasma é baseada em fatos reais e surgiu a partir do livro "Nomadland - Surviving America in the Twenty-First Century", publicado em 2017 pela jornalista Jessica Burden, que conviveu com grupos nômades e conheceu alguns dos personagens marcantes do filme.

O elenco também inclui David Strathairn e vários atores amadores, que são nômades reais.

Entre os concorrentes ao Leão de Ouro estavam 18 longas-metragens, sendo quatro italianos: "Le Sorelle Macaluso", de Emma Dante; "Miss Marx", de Susanna Nicchiarelli; "Notturno", de Gianfranco Rosi; e "Padrenostro", de Claudio Noce", que levou a Taça Volpi para a Melhor Interpretação Masculina.

"Você me deu a surpresa mais linda da minha vida", disse Pierfrancesco Favio, que conquistou o prêmio por estrelar o filme inspirado na infância do cineasta Noce, cujo pai, vice-delegado de polícia, foi alvo de um ataque em dezembro de 1976.

"Como disse um diretor, quando você faz um filme é como se uma estrela nascesse e vivemos nessa estrela por meses e sua luz se espalha pelo espaço e nas telas. Dedico este prêmio às milhões de telas que se iluminarão, à luz que vai se espalhar, quando os olhos brilharem no escuro", agradeceu Favio.

Outros prêmios -

Leão de Ouro - Nomadland, de Chloé Zhao

Leão de Prata para Melhor Diretor - Kiyoshi Kurosawa, por "Wife of a Spy"

Leão de Prata - Grande Prêmio do Júri - "Nuevo Orden", de Michel Franco

Taça Volpi para a Melhor Interpretação Feminina - Vanessa Kirby, por "Pieces of a Woman", de Kornél Mundruczó

Prêmio Marcello Mastroianni para ator ou atriz emergente - Rouhollah Zamani, por Khorshid, de Majid Majidi

Prêmio Orizzonti de Melhor Filme - Dashte Khamoush, de Ahmad Bahrami

Prêmio Especial do Júri - Dorogie Tovarischi

Prêmio Orizzonti de Melhor Roteiro - Pietro Castellitto, por "I Predatori"

Prêmio Leão do Futuro - "Listen", de Ana Rocha de Sousa

Veja também:

O chef premiado que valoriza peixes considerados menos nobres
Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade