PUBLICIDADE

Kwid europeu ganha cara de Duster que pode chegar ao Brasil

Vendido como Dacia Spring na Europa, Kwid elétrico ganha modificações profundas no visual e pode adiantar futuro do modelo no Brasil

23 fev 2024 - 07h00
Compartilhar
Exibir comentários
Dacia Spring, o Kwid europeu
Dacia Spring, o Kwid europeu
Foto: Dacia/Divulgação

O Kwid está de cara nova na Europa. Vendido no Velho Continente como Dacia Spring desde 2021, o modelo recebeu uma reestilização com traços inspirados na nova geração do Duster. Importado da China, o Kwid elétrico europeu também ganhou novidades importantes no interior, que podem chegar futuramente ao Brasil.

As mudanças estéticas se concentram na dianteira e traseira do Dacia Spring. Na parte frontal, o hatch recebeu novos faróis de formato convencional, com assinatura visual em LED em "Y". Eles são integrados à grade frontal, que traz o novo logotipo da Dacia sobre a entrada de carregamento.

Dacia Spring, o Kwid europeu
Dacia Spring, o Kwid europeu
Foto: Dacia/Divulgação

O para-choque também é novo, e conta com luzes auxiliares e um aplique destacado em plástico preto na parte inferior, que abriga a placa. Na lateral, as rodas, adesivos na região das portas e da coluna "C" são novos. Na traseira, as lanternas ficaram mais compactas, e agora são interligadas por uma barra em plástico preto que traz o logotipo Dacia escrito por extenso.

O acabamento também teve mudanças importantes. Ainda de plástico rígido, o painel recebeu linhas mais retas e com novas combinações de texturas. A central multimídia de até 10" fica destacada em posição superior, enquanto o painel de instrumentos agora é digital e tem tela de 7". 

Dacia Spring, o Kwid europeu
Dacia Spring, o Kwid europeu
Foto: Dacia/Divulgação

O novo Dacia Spring também ficou mais recheado e seguro. O hatch ganhou reconhecimento de sinais de trânsito, sensor de estacionamento traseiro, alerta de saída de faixa e frenagem autônoma de emergência.

O que não mudou foi a motorização, que segue oferecendo 65 cv de potência e 98 Nm de torque. Trata-se do mesmo motor oferecido no Renault Kwid E-Tech vendido no Brasil. No ciclo europeu (WLTP), o alcance é de cerca de 250 km. A única novidade é a estreia do modo de regeneração de frenagem, que permite a condução com apenas um pedal.

Vendido na Europa com preço inicial de 22.750 euros – cerca de R$ 122 mil em conversão direta, o Dacia Spring pode antecipar o futuro do modelo no Brasil. Assim como o hatch europeu, o elétrico vendido no mercado brasileiro é importado da China. Com isso, existe a chance de ao menos algumas das novidades do Spring chegarem ao Kwid nos próximos meses.

Guia do Carro
Compartilhar
Publicidade
Publicidade