PUBLICIDADE

Estalos ao virar o volante? Saiba o que pode estar causando isso

Encontrar e resolver a causa é fundamental para manter a segurança no veículo; veja o que pode estar aconmjtecendo com a direção do carro

25 fev 2024 - 06h00
Compartilhar
Exibir comentários
Luciana Félix, especialista em mecânica, dá dicas sobre estalos no volante
Luciana Félix, especialista em mecânica, dá dicas sobre estalos no volante
Foto: Na Oficina / Guia do Carro

A maioria dos motoristas em algum momento já deve ter se deparado com alguns estalos na direção ao virar o volante, e isso pode ocorrer por vários motivos.

Para te ajudar a entender as possíveis causas de estalos na direção, o Guia do Carro falou com a especialista em mecânica de automóveis e gestora da Na Oficina, Luciana Félix.

“Estalos ao virar o volante podem ser indicativos de diferentes problemas no sistema de direção do veículo”, diz Luciana

“É essencial manter as peças ligadas à direção em boas condições para garantir a segurança e a boa funcionalidade do carro”, afirma Luciana.

Vídeo oficial revela o design completo da picape Fiat Titano:

Segundo Luciana, é possível identificar os problemas ainda no início, com apenas uma escuta atenta. “Este é meu primeiro pilar para economizar com a manutenção do carro. Sempre rodar por pelo menos 10 minutos sem ligar o som do carro, e assim ficar atento a qualquer ‘barulho’ diferente.”

A seguir, Luciana listou as principais causas de estalos na direção.

Junta homocinética desgastada: um dos problemas mais comuns que podem causar estalos ao virar o volante é o desgaste da junta homocinética. Essa peça é responsável por transmitir a energia do motor para as rodas, permitindo que elas girem enquanto você vira o volante. Quando está desgastada, pode causar estalos, especialmente ao manobrar em baixa velocidade, ou até mesmo quebrar, o que é muito perigoso para segurança do motorista e demais condutores.

Terminal de direção com folga: outra possível causa é a folga nos terminais de direção. Os terminais de direção são responsáveis por conectar a direção às rodas do veículo. Se estiverem desgastados ou com folga, podem produzir ruídos ao virar o volante. Além disso, inviabiliza o alinhamento das rodas, causando desgaste precoce dos pneus.

Barra de direção ou barras de ligação desgastadas: as barras de direção ou barras de ligação também podem estar desgastadas, o que pode resultar em estalos ao manobrar o volante. Essas barras são essenciais para transmitir o movimento do volante para as rodas.

Amortecedores gastos: embora menos comum, amortecedores gastos podem resultar em estalos ao virar o volante. Quando os amortecedores estão desgastados, podem permitir que as peças do sistema de direção se movam irregularmente, causando ruídos. Além da diminuição de vida útil das peças de toda suspensão.

Luciana afirma que “é essencial que qualquer suspeita de problemas no sistema de direção seja avaliada por um profissional qualificado em uma oficina mecânica”. Ela ainda recomenda uma inspeção completa do sistema de direção para identificar e resolver qualquer problema subjacente.

“O correto é sempre trabalhar com as manutenções sugeridas no manual do carro. Ignorar esses sinais iniciais ou a manutenção preventiva, pode levar a complicações mais sérias e até mesmo colocar em risco a segurança do condutor e dos passageiros”, finaliza Luciana.

Podcast: Omoda e Jaecoo, duas novas marcas chinesas no Brasil:
Guia do Carro
Compartilhar
Publicidade
Publicidade