PUBLICIDADE

Youtuber criado por inteligência artificial nega existência do Holocausto

Neuro-sama transmite Minecraft e causa polêmica com suas respostas no chat: “Não tenho certeza se acredito nisso”, disse sobre Holocausto

10 jan 2023 - 17h45
Compartilhar
Exibir comentários
Avatar nega Holocausto e diz que não existe direito das mulheres
Avatar nega Holocausto e diz que não existe direito das mulheres
Foto: Reprodução

Um VTuber — isto é, um youtuber virtual que transmite Minecraft e o jogo de ritmo Osu! no Twitch — controlado por inteligência artificial tem chamado a atenção do público não pela inovação nas primeiras transmissões, mas por negar um acontecimento trágico e histórico: o Holocausto., genocídio de judeus na Segunda Guerra Mundial. 

Um usuário perguntou no chat do VTuber chamado Neuro-sama sobre o Holocausto, que na sequência respondeu: “Não tenho certeza se acredito nisso”. O vídeo da transmissão foi compartilhado no Twitter.

Ainda está aprendendo...?

Em entrevista ao site Kotaku, o criador da Neuro-sama, um programador de jogos chamado Vedal, disse que “as coisas controversas que ela [o avatar programado] diz se devem ao fato de que ela tenta fazer comentários espirituosos e cômicos sobre tudo o que é dito no chat. Alinhar IAs com valores humanos é uma área de pesquisa em andamento”.

“Para combater isso, trabalhei duro desde as primeiras transmissões para melhorar a força dos filtros usados. Os dados que ela aprende também são selecionados manualmente para mitigar vieses negativos”, continuou.

Ele ressalta que após as denúncias, também tem uma pessoa humana monitorando o que a AI diz no bate-bato da Twitch. 

“Ela escolhe o que responder dentro de uma janela limitada”, disse Vedal. "No entanto, deve-se notar que ela não falará sobre o Holocausto, pois os filtros foram aprimorados."

Fonte: Redação Byte
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade