PUBLICIDADE

Por que Meta diz não ter mais vídeo postado por Bolsonaro? Entenda questão técnica

De acordo com a dona do Facebook, as publicações removidas pelos usuários não ficam mais disponíveis no servidor da empresa

5 dez 2023 - 15h03
(atualizado às 15h04)
Compartilhar
Exibir comentários
Bolsonaro publica vídeo com fake news sobre eleições e depois apaga
Bolsonaro publica vídeo com fake news sobre eleições e depois apaga
Foto: Reprodução / Folha

PGR (Procuradoria-Geral da República) informou, em reportagem da Folha de S. Paulo publicada na segunda-feira (4), que só aguarda um vídeo publicado no Facebook e depois apagado pelo ex-presidente Jair Bolsonaro para denunciá-lo formalmente por atos antidemocráticos. No entanto, isso esbarra nas questões técnicas da Meta, dona da rede social.

O vídeo é importante para as investigações sobre os ataques ao Congresso e ao Supremo Tribunal Federal no dia 8 de janeiro. A PGR acredita que o material pode ajudar a provar que Bolsonaro incitou atos de bolsonaristas aos prédios do Congresso Nacional e ao Supremo em Brasília. O vídeo em questão foi publicado por Bolsonaro no dia 10 de janeiro deste ano, dois dias após as invasões na capital federal.

O órgão pede que o STF multe a Meta diariamente caso a empresa não cumpra a decisão judicial em 48 horas. No entanto, a Meta disse à Corte, em agosto, que não tem mais o conteúdo em seus servidores.

Em resposta ao STF, a Meta disse que o vídeo foi deletado pelo próprio Bolsonaro em dados anteriores à ordem judicial. A empresa também afirmou que não havia obrigações legais ou judiciais de preservação do material na época.

Segredos do Facebook que você precisa conhecer Segredos do Facebook que você precisa conhecer

O que aconteceu

A empresa foi intimada pelo STF a preservar o vídeo e a entregar uma cópia ao tribunal, mas disse que o material não está mais disponível em seus servidores.

O vídeo em questão foi produzido por outras pessoas e publicado por Bolsonaro em seu perfil dois dias após os atos antidemocráticos que vandalizaram prédios dos Três Podres em Brasília.

O conteúdo questionava a lisura das urnas eletrônicas. O ex-presidente foi intimado à depor e disse à Polícia Federal que apagou o vídeo por engano, quando estava sob efeito de medicamentos.

Como funciona a exclusão de vídeos no Facebook?

Quando um usuário exclui um vídeo no Facebook, o material é removido dos servidores da empresa, como explica a Meta na central de ajuda da rede social. 

"Quando você opta por excluir algo que foi compartilhado no Facebook, nós o removemos do site. Algumas dessas informações são excluídas definitivamente de nossos servidores. No entanto, algumas somente serão excluídas se você excluir definitivamente sua conta", escreveram. 

Não há, contudo, especificações sobre quais informações são excluídas definitivamente dos servidores quando um usuário deseja removê-lo. Nós questionamos a Meta sobre quais informações são excluídas definitivamente e aguardamos retorno.

Apesar disso, quando há a solicitação de exclusão da conta permanentemente, aí sim, a central de ajuda explica que o perfil, as fotos, as publicações, os vídeos e todo o conteúdo que o usuário adicionou serão excluídos permanentemente. "Não será possível recuperar nada do que você tiver adicionado", diz o Facebook.

Além da exclusão definitiva, o usuário pode ainda arquivar o conteúdo ou enviá-lo para a lixeira.

  • Mover para Itens Arquivados: Ao mover um conteúdo para os Itens Arquivados, ele ficará visível somente para você. Se optar por restaurar o conteúdo, ele ficará visível para o público que você selecionou antes de movê-lo para os Itens Arquivados.
  • Mover para a Lixeira: Ao mover um conteúdo para a Lixeira, ele permanecerá lá até ser excluído automaticamente após 30 dias. Enquanto estiver na Lixeira, ele ficará visível somente para você.

Durante esses 30 dias, o usuário poderá restaurar o conteúdo para onde ele foi originalmente publicado no Facebook, movê-lo para os Itens Arquivados ou excluí-lo antes que esse prazo termine.

Ao restaurar um conteúdo, ele ficará visível para o público que selecionado antes de movê-lo para a Lixeira. Após 30 dias, ele será automaticamente excluído e não poderá ser restaurado, explica a empresa em seu site.

Explicação técnica

Quando um usuário exclui um conteúdo permanentemente, a Meta executa um processo de desindexação. Isso significa que o conteúdo é removido dos índices de pesquisa da empresa, o que o torna inacessível aos usuários.

O processo de desindexação pode levar até 90 dias para ser concluído. Durante esse período, é possível que o conteúdo ainda seja acessível a alguns usuários, por exemplo, se a foto ou vídeo em questão tiverem sido compartilhados ou baixados antes da exclusão.

O Byte procurou a Meta para obter mais esclarecimentos sobre as questões técnicas que teriam levado à possível perda do vídeo em seus servidores. A empresa não respondeu até a publicação desta notícia.

Fonte: Redação Byte
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade