PUBLICIDADE

Confuso! “Travessia” mistura holograma com celular flip nos anos 2000

Realidade aumentada e computadores de tubo convivem simultaneamente em estreia da novela da Globo

11 out 2022 - 15h19
(atualizado às 15h29)
Compartilhar
Exibir comentários
Shopping futurista em cena de flashback de "Travessia", nova novela da Globo, deixou espectadores confusos
Shopping futurista em cena de flashback de "Travessia", nova novela da Globo, deixou espectadores confusos
Foto: Reprodução

A novela “Travessia” da TV Globo exibiu seu primeiro episódio nesta segunda-feira (10), mas deixou parte do público confuso com incoerências de roteiro, incluindo a tecnologia do passado recente durante cenas de flashback. A novela não explicitou o ano dessas cenas, mas o público estima que seja em meados dos anos 2000.

No início do episódio, a trama mostrou o passado dos personagens principais. Em certa cena, vemos um “shopping center futurista” com direito até mesmo a hologramas sensíveis ao toque no ar, como no filme "Minority Report". É algo tão avançado que mesmo hoje em dia não existe na prática.

Por outro lado, o personagem Guerra, de Humberto Martins, aparece neste mesmo período usando um celular de modelo flip, possivelmente da LG, que de fato era comum nos anos 2000. Além disso, computadores com monitores de tubo, também da mesma época, apareceram nas cenas da novela, o que deixou os espectadores ainda mais confusos.

Mais que o problema da ambientação da novela, a idade dos personagens também foi questionada. Sabendo que Ari (Chay Suede) e Brisa (Lucy Alves) eram adolescentes quando Chiara (Jade Picon) nasceu, parece estranho imaginar o par romântico entre Ari e Chiara. Principalmente considerando a idade dos dois na “vida real”, em que Chay tem 30 anos e Jade, 21.

Um ponto levantado foi também sobre as edições em fotos teoricamente antigas da personagem de Chiara com o pai (Humberto Martins). A falta de qualidade na edição das fotos fez com que o público notasse a montagem e fizesse críticas.

Resta acompanhar os próximos capítulos para conferirmos se as disparidades serão explicadas ou não. Quando chegar ao presente, a trama de Gloria Perez deve abordar temas contemporâneos como inteligência artificial (IA), realidade aumentada (RA), fake news e deepfakes.

Fonte: Redação Byte
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade