PUBLICIDADE

1ª embarcação elétrica com hidrofólios entra em ação na Suécia

29 nov 2023 - 18h31
Compartilhar
Exibir comentários

Das águas geladas da Suécia surge um barco inovador, com a pretensão de ganhar os mares (e os ares) do mundo todo. O Candela P-12, o primeiro navio de passageiros totalmente elétrico com hidrofólios, acaba de concluir seus emocionantes "voos" de teste em Estocolmo. 

Projetado pela empresa sueca Candela Technology AB, essa embarcação de 12 metros de comprimento, movida por uma bateria de 252 quilowatts-hora, está prestes a mudar a forma como navegamos pelos cursos d'água.

Um voo no mar

O Candela-12
O Candela-12
Foto:  Candela  / Mega Curioso

Ao alçar "voo" a incríveis 30 nós (o Candela não encosta seu casco na água, fazendo parecer que está voando), o P-12 é mais do que uma maravilha tecnológica. Seu segredo para superar os barcos convencionais está nos hidrofólios, asas subaquáticas que elevam a embarcação acima da água, reduzindo o arrasto e aumentando a eficiência energética. Isso não é apenas uma conquista técnica; é uma revolução no transporte marítimo sustentável.

Essa tecnologia permite aos passageiros desfrutarem de uma viagem calma, sem o balanço típico das águas, graças aos sensores e ao sistema de computador que ajustam automaticamente os hidrofólios conforme as condições das ondas e velocidade do vento. E tem mais: a experiência a bordo do P-12 promete 90% a menos da força G do que em barcos convencionais, mesmo quando o clima não colabora. Afinal, quem disse que viajar rápido pela água precisa ser sinônimo de desconforto?

Atualmente existem três versões do P-12: uma mais simples (Shuttle), uma intermediária (Business) e uma VIP (Voyager).  O modelo Shuttle, com um preço de 1,7 milhão de euros — pouco mais de R$ 9 milhões —, não só compete em custo com seus equivalentes movidos a combustíveis fósseis, mas também bate de frente com outras opções renováveis. Com o transporte marítimo responsável por 3% das emissões globais, o P-12 surge como uma alternativa viável e eficaz para enfrentar esse problema crescente.

Futuro da navegação

O modelo Voyager tem interior moderno e aconchegante. (Fonte: Candela/Divulgação)
O modelo Voyager tem interior moderno e aconchegante. (Fonte: Candela/Divulgação)
Foto:  Candela  / Mega Curioso

O Candela P-12 está prestes a mudar não apenas o futuro do transporte, mas também a nossa perspectiva sobre como aproveitar as hidrovias urbanas subutilizadas. Em um mundo onde estradas congestionadas são a norma, os hidrofólios transformam as águas em "rodovias verdes", oferecendo uma solução rápida e ecológica para o caos diário.

Mas essa revolução vai além do transporte. A Candela Technology está comprometida em tornar sua frota não apenas sustentável, mas também lucrativa para os operadores. Com custos de "combustível" reduzidos em até 90%, manutenção mínima e um design que preza pela eficiência, o P-12 promete gerar bastante economia, o que é ótimo para os negócios. 

Cabe lembrar que, acima de tudo, a Candela criou uma experiência. Do embarque rápido à suavidade do voo, cada detalhe foi reinventado para proporcionar algo além do tradicional. É mais do que uma viagem de A para B; é uma jornada que redefine como navegamos, como pensamos em transporte e, acima de tudo, como moldamos o futuro navegável das águas.

Mega Curioso
Compartilhar
Publicidade
Publicidade