Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

F1: Sainz surpreende e faz a pole em classificação emocionante

Carlos Sainz, da Ferrari, supera Max Verstappen e conquista a 1ª pole de sua carreira. Sessão sob chuva foi decidida nos segundos finais

2 jul 2022 - 12h08
(atualizado às 12h17)
Compartilhar
Sainz na classificação para o GP da Inglaterra
Sainz na classificação para o GP da Inglaterra
Foto: Ferrari / Twitter

Carlos Sainz entra para a lista de pilotos com pole position na Fórmula 1! E foi com emoção. Quando a disputa parecia ser entre Max Verstappen, Charles Leclerc e Lewis Hamilton, o espanhol da Ferrari surgiu nos segundos finais com uma volta surpreendente e marcou o melhor tempo do dia.

A sessão foi realizada sob chuva constante e viu mudanças frequentes na tabela de tempos. No fim das contas, Sainz ficou com a pole e foi seguido por Verstappen, Leclerc, Sergio Perez e Lewis Hamilton

Publicidade
Verstappen se prepara para ir à pista em Silverstone
Foto: Red Bull / Twitter

Verstappen x Leclerc no Q1

Uma chuva forte começou minutos antes do início da classificação. Assim que foi dada a autorização de início do Q1, a grande maioria dos pilotos foi à pista de imediato. A ideia, certamente, era fazer um tempo antes que a condição piorasse ou alguma bandeira vermelha surgisse. De forma até surpreendente, dada a chuva que caía, os pneus intermediários foram a escolha da maioria.

Charles Leclerc foi o primeiro a completar volta, com 1min47s521. Carlos Sainz, ficou mais de 2 segundos acima, mas teve que aliviar por uma breve bandeira amarela no meio do caminho. Max Verstappen colocou nada menos que 2 segundos em Leclerc e voou para a ponta. Leclerc respondeu e foi expressivos 2s7 mais rápido que o holandês: 1min43s028. Os limites ainda estavam longe de ser explorados.

Hamilton pulou para 2º e trouxe Russell de carona para ser o 3º. A diferença entre eles era de 1 segundo. Verstappen logo retomou a ponta de Leclerc, mas foi destronado novamente em seguida. O ferrarista fez 1min42s129, 0s685 melhor que o piloto da Red Bull.

A 10 minutos do fim, o top10 era Leclerc, Verstappen, Sainz, Perez, Hamilton, Bottas, Russell, Zhou, Norris e Ricciardo. A distância entre essa turma era de enormes 3 segundos. Apenas a dupla da Alpine e Sebastian Vettel ainda não tinha tempos marcados.

Publicidade

Russell subiu para 1º a 7 minutos do fim, com 1min41s743. Mas Verstappen logo destruiu sem tempo, com 1min40s452. Dessa vez, Leclerc não conseguiu dar o troco em Verstappen, ficando 0s333 atrás do rival. Fernando Alonso subiu para 4º, logo atrás dos três citados nesse parágrafo.

Leclerc sai dos boxes na chuva de Silverstone
Foto: Ferrari / Twitter

Na marca de 5 minutos para o fim, os eliminados era Stroll, Vettel, Tsunoda, Ricciardo e Mick Schumacher.

Verstappen, já 1º, melhorou seu próprio tempo e rompeu a barreira de 1:40, com 1min39s975. A dupla da Ferrari vinha atrás, com Sainz em 2º e Leclerc uma posição atrás, ambos 0s6 mais lentos que Verstappen. Hamilton logo os superou, pulando para 2º a meio segundo de Verstappen.

Leclerc tomou a ponta de Verstappen, mas levou o troco logo em seguido. Com isso, o holandês fechou o Q1 em primeiro, com 1min39s129, 7 décimos melhor que o monegasco. Russell achou o 3º tempo já com cronômetro zerado. Os eliminados foram: Albon, Magnussen, Vettel, Mick Schumacher e Stroll. Nicholas Latifi, quem diria, passou ao Q2.

Publicidade
Perez na classificação para o GP da Inglaterra
Foto: Red Bull / Twitter

Chuva aperta e Latifi passa de fase

A chuva ameaçou parar no fim do Q1, mas voltou pouco antes do início do Q2. Novamente, os pneus intermediários foram os escolhidos pelos pilotos. A primeira volta de referência foi Verstappen, com 1min41s486, mais de dois segundos mais lento que o tempo obtido no final do Q1. Sinal de pista que a pista estava mesmo mais molhada.

Lando Norris se colocou em 2º, entre os carros da Red Bull. As Ferrari demoraram para acordar, mas, quando acordo, Leclerc pulou para 1º. Como em um filme repetido, logo foi destronado por Verstappen, que cravou 1min40s655. Hamilton fez volta boa e ficou logo atrás, superando Leclerc.

Restando 5 minutos para o fim, a chuva apertou e ficou difícil abaixar os tempos. Leclerc, Norris, Bottas e outros pilotos relatavam dificuldades em controlar o carro e enxergar em meio à água. Quem não conseguiu uma boa volta nos minutos iniciais do Q2 se complicou.

Gasly, Bottas, Tsunoda, Ricciardo e Ocon bem que tentaram, mas não havia como melhorar seus tempos e sair da incômoda zona de eliminação. E lá ficaram. Com isso, o pressionado Latifi conseguiu uma vaga para o Q3 pela primeira vez na carreira, para alegria da equipe Williams.

Publicidade
Hamilton na pista molhada de Silverstone
Foto: Pirelli Motorsports / Twitter

Com emoção, Sainz quebra a banca

Temendo o mesmo do Q2, todos foram à pista prontamente no Q3. As equipes alertavam que a chuva poderia apertar novamente no final da sessão. Todos optaram por pneus intermediários novos. Verstappen vinha em sua volta rápida quando rodou sozinho na Stowe (para alegria do público). Mesmo assim, incrivelmente, ficou com o mesmo de Sainz e apenas 1 segundo atrás de Leclerc.

Alonso, que bateu na trave na classificação molhada do Canadá, na última etapa, impressionou a todos com uma volta mais de 3 segundos mais rápida que o restante: 1min46s227. Sinal de que a pista melhorava. O espanhol logo foi superado por Leclerc e Verstappen, respectivamente. Verstappen vinha para ser o 1º, mas errou novamente, dessa vez na Club, última curva do circuito.

George Russell na classificação para o GP da Inglaterra
Foto: Mercedes / Twitter

Mas o holandês não desistiu. Em sua terceira tentativa, ele não errou e destruiu o tempo de Leclerc, pulando para 1º com 1min42s996, 1s8 mais rápido que o rival. Hamilton encaixou boa volta e ficou em 2º, 0s2 acima de Verstappen Russell pulou para 3º, com Norris em 4º. Festa da torcida inglesa em Silverstone.

Leclerc, sempre na busca de Verstappen, subiu para 2º, mas foi prontamente tirado da posição, outra vez por Hamilton. Alonso também o desbancou e subiu para 3º. A 1 minuto do fim, tudo em aberto. Sainz foi para 1º, logo superado por Leclerc, que por sua vez foi superado por Verstappen poucos segundos depois, com 1min41s055.

Publicidade

Com cronômetro zerado, Sainz pulou novamente para 1º, com 1min40s983, superando Verstappen por pouco. O holandês veio em seguida e não o superou. Leclerc, Hamilton e Perez idem. Sainz, assim, quebrou a banca e conquistou a primeira pole de sua carreira. A sequência continuou com Verstappen, Leclerc, Perez, Hamilton, Norris, Alonso, Russell, Zhou e Latifi.

Os resultados da classificação para o GP da Inglaterra
Foto: F1

 

Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações