Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Jornalista da TV Globo esfaqueado agradece apoio: "Estou nas mãos dos melhores"

Gabriel Luiz, de 29 anos, foi atingido por 10 facadas na noite de 14 de abril, véspera do feriado de Páscoa, em Brasília

29 abr 2022 - 14h00
Compartilhar
Foto: RD1

Quinze dias após ser esfaqueado, o jornalista Gabriel Luiz, de 29 anos, da TV Globo Brasília, usou as redes sociais, nesta sexta-feira, 29, para agradecer o apoio recebido durante sua recuperação no hospital. O jornalista foi atingido por 10 facadas na noite de 14 de abril, véspera do feriado de Páscoa, na região do Sudoeste de Brasília. As perfurações atingiram pescoço, abdômen, tórax, perna e órgãos vitais, como pulmão, além de veias no pescoço e no estômago.

"Oi, pessoal! Aqui é o próprio Gabriel. Queria agradecer o carinho, a torcida e as orações de todo mundo. Vocês não imaginam o tanto que isso faz a diferença! E fico sem palavras com tanto de gente que me quer bem.", escreveu em seu perfil do Twitter.

Publicidade

Dez dias após apresentar melhora e ser transferido para um quarto do Hospital Brasília, no Lago Sul, o jornalista voltou, na quinta-feira, 28, para a unidade de terapia intensiva (UTI). Ainda no Twitter, ele comentou sobre a recuperação.

"Nos últimos dias, tenho tido uns picos fortes de febre, com calafrio. É o corpo reagindo! E pra ser acompanhado mais de perto e mais rápido, a decisão foi a de voltar temporariamente pra UTI. Devo retornar pro quarto normal em breve, mas só quando acharem que tá sob controle", afirmou.

Em outro tweet, Gabriel diz que seus dias no hospital tem sido de "desafios diferentes".

"Há dias de batalha e de descanso", descreveu ele. "Estou nas mãos dos melhores e, com base no que os médicos me relatam, estou confiante que a minha saída tá agora bem mais perto do que longe."

Publicidade

A expectativa agora é que ele receba, novamente, alta da UTI. "E por aqui, tenho voltado pouco a pouco pra rotina de antes. Andando sozinho normalmente, lendo, cantando, jogando dominó e caprichando nos trocadilhos ruins.", escreveu.

O jornalista também brinca: "meu foco de hoje é a janta: pizza margherita. Quer coisa melhor? Obrigado a todos. E nos vemos em breve!", finalizou.

A Polícia Civil investiga uma tentativa de latrocínio contra Gabriel, socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado em estado grave para o Hospital de Base, na Asa Sul, referência no atendimento a traumas no Distrito Federal. Foi lá que ele passou por diversas cirurgias na madrugada antes de ser transferido para a unidade particular.

Segundo as investigações, o crime foi cometido por José Felipe Leite Tunholi e por um adolescente de 17 anos, que está em uma unidade de internação para menores na capital.

Publicidade
Fonte: Redação Terra
Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações