Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Enem tem 'Admirável Gado Novo' e questões sobre racismo

Prova de Ciências Humanas e Linguagens foi aplicada neste domingo, 21, em todo o País

21 nov 2021 17h24
| atualizado às 17h32
Compartilhar
Estudantes chegam para realizar o Enem no centro de São Paulo
Estudantes chegam para realizar o Enem no centro de São Paulo
Foto: Werther Santana / Estadão

A prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste domingo, 21, trouxe um trecho da música Admirável Gado Novo, de Zé Ramalho, uma charge do cartunista Henfil e questões sobre racismo. Já o tema da Redação deste ano foi "Invisibilidade e registro civil: garantia de acesso à cidadania no Brasil". O Enem 2021 foi marcado por polêmicas envolvendo tentativa de controle sobre o conteúdo da prova e crise com os servidores do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), responsável pelo exame.

Questões sobre temática indígena, racial e de gênero apareceram na prova e, segundo professores, não foi possível perceber censura em itens. "Não é a cara que o governo queria. Claramente, a prova usa o que se tem no Banco Nacional de Itens (BNI) e mantém o padrão, estilo e formato dos anos anteriores", diz Gilberto Alvarez, do Cursinho da Poli.

Publicidade

Segundo ele, uma questão em Linguagens abordou a música Admirável Gado Novo, do cantor Zé Ramalho. O item se referia ao contexto social da época em que a canção foi lançada, em 1979. O Brasil vivia sob a ditadura militar, mas, segundo afirma, o item não fazia referência explícita a este período da História. Desde 2019, o Enem não trazia questões sobre a ditadura militar.

Para Alvarez, a complexidade da prova foi de média a baixa. "Foi uma prova em que muitas questões vão pela interperatação de textos e figuras." Em relação ao tema da Redação, parte dos candidatos relatou dificuldades. "Achei um tema atípico, mas muito importante que precisa ser discutido. É necessário conscientizar as pessoas de como são consideradas invisíveis diante da falta de registros", disse Rodrigo Conte, de 17 anos, que pretende cursar Engenharia.

Fique por dentro das principais notícias de Educação
Ativar notificações