Patrocínio

Alunos suecos usam livros físicos pela primeira vez na sala de aula; veja vídeo

País escandinavo recua na 'educação '100% digital' e volta a incluir materiais impressos no cronograma escolar

23 fev 2024 - 18h37
(atualizado às 20h12)
Alunos suecos usam livros físicos pela primeira vez na sala de aula; vídeo
Alunos suecos usam livros físicos pela primeira vez na sala de aula; vídeo
Foto: Reprodução/DW/Youtube

O ensino digital praticamente transformou o livro físico em uma peça de museu nas escolas suecas, mas agora isso pode mudar. O governo do país escandinavo questiona as implicações da ampla digitalização no processo de aprendizado e volta a introduzir livros físicos no cronograma escolar. 

Um vídeo da Deutsche Welle compartilhado nesta semana mostra a reação de um grupo de crianças ao entrar em contato pela primeira vez com um livro na sala de aula. 

Publicidade

"Hoje vocês estão recebendo, pela primeira vez, um livro de matemática de verdade. Emocionante, não é?", disse a professora. 

Um a das crianças avalia que no livro "há mais explicações. Não tínhamos isso no laptop. O que pode tornar mais difícil é que agora nós mesmos temos que ler. Antes, o computador falava os exercícios em voz alta".

Já outro aluno destaca que o desafio agora será 'escrever'. "É melhor do que o computador por que muitas vezes a tela  trava. Mas tenho dificuldade para escrever, então, será mais difícil porque terei que escrever tudo à mão", avalia. 

A professora Jeanette Wiberg percebeu um impacto negativo na aprendizagem dos alunos menores. "Eles leem mais devagar, possuem um vocabulário menor e também compreendem menos o que leem. Atribuímos isso à dependência excessiva de métodos digitais", explicou. Para ela, o melhor caminho é integração do físico e do digital. Confira o vídeo abaixo!

Publicidade

Fonte: Redação Terra
Curtiu? Fique por dentro das principais notícias através do nosso ZAP
Inscreva-se