Tire a ideia do papel e crie hoje o site para o seu negócio com até 35% de desconto

SP antecipa prazo para vacinar todos adultos; veja as datas

Na última quarta-feira, 9, a gestão estadual divulgou antecipação de calendário para população geral em 15 dias

13 jun 2021 12h53
| atualizado às 14h17
Compartilhar

O governo de São Paulo anunciou neste domingo, 13, a antecipação em 30 dias no calendário de vacinação contra a covid-19 no Estado. Com a mudança, toda a população com mais de 18 anos deve estar imunizada até o dia 15 de setembro.

Doria
Foto: Mister Shadow/ASI / Estadão Conteúdo

"Tenho confiança de que, nesse Natal, as familias estarão reunidas, os amigos poderão se abraçar, as pessoas poderão voltar a viver", disse o governador João Doria (PSDB).

Publicidade

Veja o cronograma completo da vacinação em SP:

Mais cedo, as redes sociais, o governador disse que o evento seria feito excepcionalmente neste domingo para "importantes anúncios sobre a vacinação no Estado de São Paulo".

Na última quarta-feira, 9, a gestão estadual anunciou que o calendário para pessoas acima de 18 anos foi antecipado em 15 dias, fazendo com que a previsão de oferta da primeira dose para a população geral passasse de 31 de outubro para o dia 18 do mesmo mês.

O cumprimento das novas datas, porém, é baseado nas perspectivas de entregas de imunizantes do Ministério da Saúde. Desta forma, o governo federal precisa entregar ao estado os lotes dos imunizantes dentro dos prazos programados, o que também depende da chegada de insumos da China para a fabricação das doses no Brasil.

Publicidade

"A vacina vai vencer o vírus. A saúde vai vencer o negacionismo", disse o governador em pronunciamento no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo, ressaltando que "está ao lado da ciência, da saúde e da vida".

Doria lembrou das quase 500 mil mortes provocadas pela covid-19 e reconheceu os profissionais de saúde, todos os trabalhadores que estão na linha de frente no combate à emergência sanitária e os jornalistas, que "salvam vidas" ao lutar contra as 'fake news'.

Por fim, Doria utilizou uma frase dita pelo papa Francisco, durante cerimônia no Vaticano, para expressar a esperança de imunizar a população. "Fraternidade e esperança são remédios que o mundo precisa tanto quanto as vacinas", disse. "Preparem o braço, em São Paulo, nós vamos vacinar. Aqui não é a terra da cloroquina, aqui é a terra da vacina".

A plataforma Vacinômetro, que permite acompanhar o número de vacinados no Estado, mostra que foram aplicadas 18.785.749 doses de vacina desde o início da campanha, das quais 13.026.324 foram a primeira dose e 5.759.425, a segunda.

Publicidade

No Estado, de acordo com dados divulgados neste sábado, 12, foram contabilizados 3.449.577 casos da doença e 117.887 óbitos desde o início da pandemia.

Está gostando da notícia? Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações