Mais de 1.000 cursos com certificado por menos de R$0,70 por dia.

SP antecipa em 15 dias a vacinação da população adulta

Governador João Doria afirmou que quem tem 18 anos ou mais já terá tomado a 1ª dose da vacina até 18 de outubro de 2021

9 jun 2021 13h25
| atualizado às 14h34
Compartilhar
João Doria
Foto: Rogério Galasse / Futura Press

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou a antecipação em 15 dias para a data da vacinação de toda população adulta do Estado.

Em seu Twitter, Doria cravou a data de 18 de outubro de 2021 para que todos os moradores do Estado, com 18 anos ou mais, já tenham tomado a primeira dose de um dos imunizantes utilizados no Brasil contra a covid-19.

Publicidade

Restrições prolongadas

Durante coletiva no Palácio dos Bandeirantes, Doria também comunicou a prorrogação até o dia 30 de junho das restrições atualmente em vigor para conter a pandemia de covid-19. Segundo o governador, a decisão foi tomada "devido ao aumento dos índices da pandemia, sobretudo em algumas áreas localizadas aqui dentro do Estado de São Paulo".

"Uma medida de cautela, de proteção, para proteger a vida das pessoas e termos a certeza de que estamos evoluindo de forma segura ao longo das próximas semanas", explicou Doria. 

Pelas regras atuais, que inicialmente valeriam até o início deste mês, mas foram posteriormente prorrogadas até o dia 14 até a nova ampliação de prazo desta quarta, restaurantes, salões de beleza e de barbearia, atividades culturais, academias e o comércio --incluindo shopping centers-- podem funcionar das 6h às 21h com 40% da ocupação.

Publicidade

Também presente na coletiva, o coordenador-executivo do Centro de Contingência que assessora o governo do Estado no combate à pandemia, João Gabbardo, disse que o momento atual da pandemia é visto com preocupação pelas autoridades de saúde.

"Por isso (o Centro de Contingência) recomendou a manutenção dessa fase de transição por mais duas semanas", disse Gabbardo.

Ele acrescentou que os especialistas do Centro de Contingência sugeriram ao governo estadual a redução do horário de funcionamento de estabelecimentos em algumas regiões do Estado e que a sugestão será levada aos municípios que estão com ocupação dos leitos de UTI superior a 90% para que avaliem medidas mais restritivas.

De acordo com dados da Secretaria de Saúde do Estado, São Paulo registrou 3.382.448 casos de covid-19, com 115.960 mortes. A ocupação de leitos de unidades de terapia intensiva no Estado está em 82,1%.

Publicidade

Veja o novo cronograma:

10 de junho
– Grávidas e puérperas sem comorbidades acima de 18 anos – 400 mil pessoas
– Pessoas com Deficiência Permanente sem BPC – 1 milhão de pessoas

16 de junho
– Adultos sem comorbidades com idade entre 55 e 59 anos – 1,2 milhão de pessoas

9 de julho
– Adultos sem comorbidades com 54 anos

20 de julho
– Adultos sem comorbidades com idade entre 50 e 53 anos

Publicidade

4 de agosto
– Adultos sem comorbidades com idade entre 45 e 49 anos

19 de agosto
– Adultos sem comorbidades com idade entre 40 e 44 anos

29 de agosto
– Adultos sem comorbidades com idade entre 35 e 39 anos

8 de setembro
– Adultos sem comorbidades com idade entre 30 e 34 anos

Publicidade

18 de setembro
– Adultos sem comorbidades com idade entre 25 e 29 anos

28 de setembro
– Adultos sem comorbidades com idade entre 18 e 24 anos

Com informações da Reuters.

Fonte: Equipe portal
Está gostando da notícia? Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações