Tire a ideia do papel e crie hoje o site para o seu negócio com até 35% de desconto

Prefeitura de SP libera eventos, parques e mesas na calçada

O Vale do Anhangabaú será reaberto neste domingo, 25, das 8h às 12h. Os últimos dados da Secretaria da Saúde, divulgados na última sexta-feira, apontam para 78,8% dos vacinados

24 jul 2021 12h40
| atualizado às 14h12
Compartilhar

Prestes a atingir 80% da população elegível vacinada contra à covid-19, a Prefeitura de São Paulo publicou, neste sábado, 24, em seu Diário Oficial, autorizações para a liberação de parques, equipamentos esportivos, eventos e mesas nas calçadas para estabelecimentos que já tiverem TPU (Termo de Permissão de Uso).

Os últimos dados da Secretaria da Saúde, divulgados na última sexta-feira, 23, apontam para 9.230.227 milhões de doses de vacina contra a Covid-19 (6.963.341 aplicações de primeira dose, 2.351.180 de segunda dose e 309.489 doses únicas). O número de aplicações de primeira dose ou dose única equivale a 78,8% dos maiores de 18 anos, público elegível para vacinação até o momento. A expectativa é que a porcentagem almejada seja atingida ainda neste sábado.

Publicidade

A Prefeitura já confirmou a reabertura do Vale do Anhangabaú para esse domingo, 25, das 8h às 12. Além disso, os parques públicos municipais, Centros Desportivos da Comunidade (CDCs) e Centros Esportivos começaram a funcionar neste sábado, dia 24, em horário normal.

De acordo com o decreto, a realização das atividades como feiras, convenções, congressos e outros eventos, exceto festas, na Cidade de São Paulo, estarão liberados quando a cidade atingir 80% da população vacinada - desde que os participantes tenham recebido ao menos uma dose da vacina contra a covid-19 e que sejam atendidas as regras e restrições de funcionamento dos estabelecimentos 

Parque do Ibirapuera, na zona sul de São Paulo
Foto: Renato S. Cerqueira / Futura Press

previstas no Plano São Paulo.

O mesmo vale para a ocupação de mesas e cadeiras nas calçadas por bares, confeitarias, restaurantes, lanchonetes e assemelhados. A autorização é para aqueles estabelecimentos que já possuem o Termo de Permissão de Uso (TPU) destes espaços. O uso também deve obedecer a limitação de capacidade prevista no Plano São Paulo.

Publicidade

Paulista aberta

Neste domingo, 25, a Avenida Paulista terá dois postos de vacinação contra a covid-19 para todo o público de 30 a 34 anos que busca a primeira dose. Além disso, serão aplicadas também as segundas doses da vacina para todos que já estão aptos a receber o complemento. A abertura da avenida para pedestres e ciclistas faz parte do programa Paulista Aberta que foi retomado no domingo passado, 18, depois de mais de um ano desde o início da pandemia.

Duas farmácias da rede Drogaria São Paulo, que são parceiras da Secretaria Municipal da Saúde na campanha, serão os pontos de vacinação: localizadas nos números 2.371 e 266 da Avenida Paulista. A ação será das 8h às 12h.

No domingo também terá vacinação contra covid-19 na Galeria Prestes Maia, na Praça do Patriarca, nº 2, das 8h às 12h.

Para agilizar o atendimento no domingo, a Secretaria Municipal da Saúde indica o preenchimento prévio do pré-cadastro no site VacinaJá. Além disso, o munícipe interessado em se vacinar deve apresentar documento de identificação com foto, CPF, o cartão SUS (se tiver) e comprovante de residência, obrigatório com um endereço da capital paulista, que pode ser apresentado de forma física ou digital.

Publicidade

No domingo anterior (18), o programa Paulista Aberto foi retomado depois de mais de um ano desde o início da pandemia de covid-19. Em caráter experimental e por pouco tempo, a avenida abriu das 8h e fechou às 12h, com a ciclofaixa da avenida aberta para uso até as 16h. Antes da pandemia, a Paulista ficava aberta das 10 horas às 18 horas, aos domingos e feriados. A reabertura teve movimento intenso e houve alguns pontos de aglomeração.

Está gostando da notícia? Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações