Fique protegido com Terra Antivírus. 7 dias grátis. Aproveite!

Em pior momento, EUA superam 400 mil mortes por coronavírus

O total diário de mortes por covid-19 cruzou a barreira das 4.000 pessoas pela primeira vez em 6 de janeiro

19 jan 2021
19h09 atualizado às 19h21
Compartilhar

Os Estados Unidos superaram nesta terça-feira o total de 400.000 mortes por covid-19, segundo contagem da Reuters, enquanto o país mais atingido pela pandemia sofre para garantir a demanda por vacinas para conter a propagação das infecções.

Homem presta homenagem ao filho, vitimado pela Covid-19, em cemitério em El Paso, Texas (EUA) 25/11/2020 REUTERS/Ivan Pierre Aguirre
Foto: Reuters

Estados como Michigan, Nova Jersey, Nova York, Oregon, Carolina do Sul e Vermont deram sinais de escassez de oferta de vacinas e estão pedindo mais doses das duas que foram aprovadas, uma da Pfizer-BioNTech e outra da Moderna. 

Publicidade

O total de mortes disparou desde o Natal. Durante as últimas três semanas, as fatalidades por coronavírus chegaram a 63.793, contra 52.715 mortes nas três semanas anteriores ao Natal, um aumento de 21%, segundo análise da Reuters.

O total diário de mortes por covid-19 cruzou a barreira das 4.000 pessoas pela primeira vez em 6 de janeiro.

Dezoito Estados norte-americanos, como Califórnia, Pensilvânia, Texas e Washington, registraram recordes de mortes diárias em janeiro, segundo contagem da Reuters.

O número de casos de coronavírus cresceu em todas as regiões dos EUA e, na terça-feira, passou de 24 milhões desde o início da pandemia.

Publicidade

Embora pacientes com casos sérios estejam sobrecarregando os sistemas de saúde em partes do país, especialmente na Califórnia, a taxa nacional de hospitalização se estabilizou nas últimas duas semanas e estava próxima a 124.000 pessoas na terça-feira.

Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Está gostando da notícia? Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações