Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Conselho Regional de Enfermagem de SP irá apurar caso de Klara Castanho

A instituição emitiu um comunicado neste domingo (26); enfermeira teria revelado informações privadas

26 jun 2022 - 17h15
(atualizado às 17h16)
Compartilhar
A atriz Klara Castanho, de 21 anos, revelou em carta aberta no Instagram que foi vítima de violência sexual
A atriz Klara Castanho, de 21 anos, revelou em carta aberta no Instagram que foi vítima de violência sexual
Foto: @klarafgcastanho / Reprodução/Instagram

O Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo (Coren-SP) vai apurar o vazamento de informações privadas ocorrido com Klara Castanho. Em comunicado divulgado neste domingo (26), o órgão prestou solidariedade à atriz e informou que irá investigar o caso.   

Em nota, o Coren-SP afirmou que irá "apurar as situações em que haja infração ética praticada por profissional de enfermagem e adotar as medidas previstas no Código de Processo Ético dos Conselhos de Enfermagem", 



No sábado (25), Klara divulgou carta aberta revelando que engravidou, após ser vítima de estupro, e entregou o bebê para a adoção. A atriz ainda contou que foi tratada com indiferença pela equipe médica que a atendeu, sobretudo por uma enfermeira enquanto ainda estava sob efeitos de anestesia. Uma enfermeria também teria repassado as informações privadas da atriz para um jornalista.

 

Publicidade

Leia o comunicado na íntegra: 

O Coren-SP, assim como a sociedade brasileira, tomou ciência neste final de semana da situação exposta por atriz, que menciona, em uma carta aberta, ter sido alvo de ameaça de uma enfermeira e a seguinte confirmação por colunista da imprensa a respeito de informações sobre a entrega para adoção de um bebê fruto de um estupro.



Compete ao Coren-SP apurar as situações em que haja infração ética praticada por profissional de enfermagem e adotar as medidas previstas no Código de Processo Ético dos Conselhos de Enfermagem (Resolução Cofen nº 370/2010).



Nesse sentido, o conselho seguirá os ritos e adotará os procedimentos necessários para a devida investigação, como ocorre em toda denúncia sobre o exercício profissional. Assim, o Coren-SP ressalta a cautela necessária sejam tomadas as medidas corretas para a apuração dos fatos.



O conselho manifesta sua solidariedade à atriz e reafirma seu compromisso cotidiano com a ética profissional da enfermagem e com a segurança da assistência prestada pela categoria. Tão logo venha a dispor das informações necessárias para a investigação, o Coren-SP reforça que todos os procedimentos para apuração serão devidamente realizados.

Fonte: Redação Terra
Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações