Tire a ideia do papel e crie hoje o site para o seu negócio com até 35% de desconto

Bolsonaro diz que versão de Joice está "bastante esquisita"

Deputada acordou em uma poça de sangue com hematomas e fraturas que sofreu na madrugada do último dia 18

27 jul 2021 20h12
| atualizado às 20h33
Compartilhar
Jair Bolsonaro
Foto: Adriano Machado / Reuters

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) classificou como "esquisita" a versão da deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) a respeito dos hematomas e fraturas que sofreu na madrugada do último dia 18, quando, segundo ela, acordou sobre uma poça de sangue em seu apartamento funcional, em Brasília. A parlamentar, que não se lembra da causa do incidente, chegou a aventar a hipótese de ter sido vítima de atentado.

"Não quero entrar nessa polêmica, está bastante esquisita a história dela. Ela me culpa achando que eu vou responder. Não vou polemizar, até porque eu tenho que trabalhar em Brasília", disse nesta terça-feira, 27, em entrevista à Rede Nordeste.

Publicidade

Segundo apuração da Polícia Legislativa da Câmara dos Deputados (Depol), que teve acesso a imagens de câmeras de segurança, não houve entrada de estranhos no prédio onde a parlamentar mora entre os dias 15 e 20 de julho.

"A Depol realizou perícia em 16 câmeras do prédio onde se localiza o apartamento funcional da deputada Joice Hasselmann e concluiu que a parlamentar não saiu do imóvel de quinta (15) a terça-feira (20), momento em que teria saído para o hospital. Além disso, foram realizadas oitivas de funcionários que trabalham no local. Também não foi identificada a entrada de nenhuma pessoa estranha nesse período", informou o órgão por meio da assessoria da Câmara.

Segundo relato de Joice, ela e o marido, o médico Daniel França, que prestou os primeiros socorros ainda em casa, dormiam em quartos separados no momento em que ela se deu conta dos ferimentos. A Polícia Civil também investiga o caso.

Joice Hasselmann é fotografada com hematomas no rosto em seu apartamento funcional em Brasília
Foto: Gabriela Biló / Istoé Dinheiro

A assessoria da Câmara disse que há segurança nos locais onde se localizam os apartamentos funcionais dos parlamentares. "Os prédios possuem vigilância armada e porteiros, ambos 24 horas por dia, 7 dias por semana. Além disso, há câmeras de segurança e rondas ostensivas, com viatura caracterizada", diz a nota.

Publicidade

Ainda nesta terça-feira, a Polícia Civil realizou uma perícia no apartamento da deputada e, na segunda-feira, 26, o carro dela foi vistoriado pelas autoridades. Também na segunda-feira, Joice prestou depoimento por mais de duas horas na Polícia Civil do Distrito Federal sobre os ferimentos no seu corpo.

Está gostando da notícia? Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações