Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Organizada da Internazionale se posiciona sobre retorno de Lukaku: "É um como muitos"

22 jun 2022 - 14h24
Compartilhar

A principal organizada da Internazionale, Curva Nord, se manifestou nas redes sociais a respeito do provável retorno do atacante belga Romelu Lukaku ao clube. Via comunicado, a torcida disse que não vaiará o atleta, mas que não existe mais idolatria.

Lukaku deixou a Internazionale na última temporada para atuar no Chelsea, da Inglaterra. Na época, o belga foi acusado de "forçar" sua saída do clube italiano.

Publicidade

"Ele foi apoiado (e tratado) como um rei, agora ele é um como muitos", disse a Curva Nord. Pela Internazionale, Lukaku possui 95 jogos e 64 gols marcados. O atacante foi o principal nome do título italiano da temporada 2020/2021.

Segundo o jornalista Fabrizio Romano, Chelsea e Inter já acertaram um empréstimo pelo atacante, sem opção de compra. Nos Blues, Lukaku marcou 15 gols em 44 jogos e não rendeu o esperado.

Veja a nota completa da Curva Nord:

"Como o retorno de Lukaku ao Inter é muito provável, alguns pontos precisam ficar claros:

Publicidade

- A Curva Nord apoia a Inter e não fará qualquer objeção ao jogador (apesar do comportamento do verão passado);

- Ninguém deve ir recebê-lo com faixas ou estandartes da Curva ou dos grupos que a compõem;

- Tudo o que no futuro eventualmente será feito em relação a ele terá que ser conquistado em campo com humildade e suor. Ele foi apoiado (e tratado) como um rei, agora ele é um como muitos.

Deixemos claro também para todos que nunca vamos torcer contra o Lukaku se ele voltar a vestir a camisa do Inter. No entanto, convidamos todos os torcedores da Inter a não cair na armadilha oposta, a de correr imediatamente e babar atrás dele.

Publicidade

Além de um claro aspecto emocional instintivo, fingir que nada aconteceu só daria mais uma aceleração a esse processo que vem acontecendo há anos com o objetivo de nos tornar todos consumidores estúpidos e supinos.

Não somos cavalheiros à mercê dos movimentos de jogadores e clubes. Tomamos conhecimento da traição de Lukaku e ficamos muito chateados. Para um jogador, essas coisas podem ser perdoadas com o tempo, mas permanecem."

Gazeta Esportiva
Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações