Tire a ideia do papel e crie hoje o site para o seu negócio com até 35% de desconto

Del Nero quer a permanência de Tite na Seleção

Ex-presidente da CBF, que dá as cartas na entidade, não autoriza mudança na comissão técnica

12 jul 2021 10h07
Compartilhar

O técnico Tite, até segunda ordem, continuará no comando da Seleção brasileira. É isso o que quer Marco Polo Del Nero, ex-presidente da CBF banido do futebol pela Fifa em 2018, mas que detém o controle da entidade. 

Tite consola Neymar após a derrota do Brasil para a Argentina
Foto: Ricardo Moraes / Reuters

Ele já passou essa orientação ao coronel Antônio Nunes, presidente interino da CBF, que segue sua cartilha. Para Del Nero, Tite deve continuar seu trabalho até a Copa do Mundo do Catar, em 2022, e não pode ser julgado por uma derrota para a Argentina, como a que ocorreu na final da Copa América, sábado (10), no Maracanã.

Publicidade

Por enquanto, o “ex-dirigente” dá prioridade a uma outra questão, a de se livrar definitivamente de Rogério Caboclo na CBF – este está afastado da presidência temporariamente por causa de acusação de assédio sexual e moral contra uma funcionária da entidade. Caboclo nega que tenha cometido tais atos.

Tite foi muito criticado por parte da imprensa e torcedores após o revés contra a Argentina. O que pesa contra ele é o futebol pouco vistoso, europeizado em exagero, produzido pela Seleção notadamente depois do Mundial de 2018, na Rússia.  Uma seleção que abriu mão de sua essência e que só tem um jogador que usa o recurso do drible, no caso, Neymar.

Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. 
Fique por dentro das principais notícias de Futebol
Ativar notificações