Tire a ideia do papel e crie hoje o site para o seu negócio com até 35% de desconto

Atlético-MG vence de virada e amplia vantagem na liderança

O time alvinegro está a 11 pontos do vice-líder Fortaleza e 13 de vantagem para Flamengo e Palmeiras, outros concorrentes

24 out 2021 18h06
| atualizado às 18h23
Compartilhar
Hulk alivou a torcida alvinegra ao marcar o empate logo após Nathan Silva ter feito gol contra, abrindo caminho para a virada-(Pedro Souza / Atlético-MG)
Foto: Lance!

O Atlético-MG chegou a sua 18ª vitória no Campeonato Brasileiro ao derrotar o Cuiabá, de virada, por 2 a 1, gols de Nathan Silva, contra, Hulk e Jair, pela 28ª rodada da competição, no Mineirão, neste domingo, 24 de outubro.

A equipe mineira ampliou sua vantagem na ponta em relação os rivais na briga pelo Brasileiro. Tem 11 pontos a mais do que o Fortaleza e 13 de distância para Flamengo e Palmeiras. O Cuiabá segue com 35 pontos, agora na 10ª posição.

Publicidade

Foi um duelo duro para o líder Galo, que teve de lidar com o susto inicial, tendo de buscar a virada após marcar um gol contra com o zagueiro Nathan Silva. Porém, o time soube administrar os nervos e buscou o resultado, essencial, para se manter firme na luta pelo bicampeonato nacional.

Susto e alívio em dois minutos

Quase que a estratégia do jogo do Atlético-MG "ia para o espaço" logo no começo do jogo diante do Cuiabá. Nathan Silva, em um vacilo incrível, recuou para Everson, mas a bola passou pelo goleiro e entrou. Isso aconteceu com um minuto de jogo. Mas, Hulk empatou pouco depois, após uma boa jogada ensaiada pelo Galo. Deu tempo de consertar, mas erros assim podem custar caro.

Cuiabá tentando surpreender

Publicidade

O Dourado mostrou porque está fazendo uma boa campanha soba gestão do técnico Jorginho. O time do Mato Grosso levou perigo em vários momentos ao gol de Everson e dentro da sua limitação e estratégia de jogo, poderia ter marcado outro gol.

Jair faz o vira para o Galo

O Atlético-MG não se desesperou para atacar o Cuiabá e soube buscar o segundo gol, marcado por Jair no fim do primeiro tempo. O time matogrossense impôs um desafio aos mineiros, que souberam fugir do forte sistema defensivo montado por Jorginho.

Hulk essencial

Publicidade

Foi o 11º gol no campeonato, sendo artilheiro da competição ao lado de Yuri Alberto, do Internacional. No ano, são 25 tentos e 12 assistências. Participação direta em 37 dos 105 gols marcados pelo alvinegro em 2021.

"Gordura" aumentada e título pode ficar perto no sábado

Com a boa vantagem na tabela de classificação para os rivais na briga pelo título, sendo 11 pontos a mais do que o Fortaleza e 13 de vantagem sobre Flamengo e Palmeiras, o duelo do sábado, 30, diante do Rubro Negro, pode deixar o Galo muito perto do sonhado título nacional, que não vem desde 1971.

Publicidade

Próximos jogos

O Galo encara o Flamengo no sábado, 30 de outubro, às 19h, no Maracanã. Antes, na quarta-feira, 27, vai ter o Fortaleza pela frente no duelo de volta das semifinais da Copa do Brasil. Já o Cuiabá tem pela frente o Red Bull Bragantino na segunda-feira, 1º de novembro, na Arena Pantanal.

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA

Publicidade

ATLÉTICO-MG 2 x 1 CUIABÁ

Data: 24 de outubro de 2021

Horário: 16h(de Brasília)

Local: Mineirão, Belo Horizonte (MG)

Publicidade

Árbitro: Savio Pereira Sampaio (DF)

Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade e Jose Reinaldo Nascimento Junior (ambos do DF)

VAR: Jose Claudio Rocha Filho (SP)

Gols: Nathan Silva (contra), a 1'-1ºT(0-1), Hulk, aos 3' do 1ºT(1-1), Jair, aos 47'-1ºT(2-1)

Publicidade

Cartões amarelos:-

Cartões vermelhos:-

Público e renda: 30 627/ R$ 928.101, 00

ATLÉTICO-MG (Técnico: Cuca)

Publicidade

Everson; Guga, Nathan Silva, Junior Alonso e Guilherme Arana; Allan, Jair (Réver, aos 32'-2ºT), Zaracho (Savarino, aos 22'-2ºT) e Nacho (Tchê TchÊ, aos 42'-2ºT); Keno (Vargas, aos 22'-2ºT) e Hulk (Diego Costa, aos 32'-2ºT).

CUIABÁ (Técnico: Jorginho)

Publicidade

Walter; João Lucas, Paulão, Alan Empereur e Uendel; Auremir (Ullian Corrêa, aos 19'-2ºT), Rafael Gava (Yuri Lima-intervalo) e Camilo (Jonathan Cafu-intervalo); Clayson, Max (Felipe Marques, aos 30'-2ºT) e Jenison (Elton, aos 19'-2ºT).

Show Player
Fique por dentro das principais notícias de Futebol
Ativar notificações