Monte seu e-commerce e divulgue sua marca no Terra

Ações da China fecham em baixa em meio a preocupações com Covid em Pequim

23 mai 2022 07h35
Compartilhar

As ações da China fecharam em baixa nesta segunda-feira depois de Pequim informar 99 novos casos de Covid-19 - maior contagem diária na capital durante o surto atual - enquanto a realização de lucros após duas semanas seguidas de ganhos também pesou sobre o mercado.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, caiu 0,58% no dia, enquanto o índice de Xangai teve variação positiva de 0,01%.

Publicidade

O índice de Hong Kong Hang Seng teve queda de 1,19%, enquanto o China Enterprises Index perdeu 1,4%.

"Há alguma resistência depois que o índice referencial de Xangai recuperou mais de 200 pontos de uma mínima recente", disse Zhang Yanbing, analista da Zheshang Securities.

** "Ainda há alguns desafios no mercado, e são necessários mais catalisadores de fundamentos positivos para novos ganhos", disse o CICC em uma nota.

Os investidores devem monitorar de perto os fundamentos à medida que a situação da Covid na China melhora, incluindo o setor imobiliário e a demanda dos consumidores, disse o CICC.

Publicidade

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,98%, a 27.001 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 1,19%, a 20.470 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,01%, a 3.146 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,58%, a 4.053 pontos.

Publicidade

. Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 0,31%, a 2.647 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,07%, a 16.156 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,83%, a 3.213 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,05%, a 7.148 pontos.

Publicidade
Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Fique por dentro das principais notícias
Ativar notificações